NIEUW: Blog reclamevrij maken?
O Português não é a minha lingua materna.
Sou belga neerlandófono e amo Portugal
 
Mijn bloggernaam is Alfacinha
 Dat is ook toevallig de spotnaam van
 een lisboeet en betekent slaatje  .
Ik ben dus voor de duidelijkheid
een krop sla

dou -me conta de que
não é muito fácil
para quem não conhece
o Neerlandês
deixar um comentário.
Se desejar deixar
o seu comentário
faça o seguinte

 preencha um nome(naam
)
 
seja obrigatório
preencher endreço E-mail

 Possa  preencher o URL

 preencha um título(
titel
)

 
deixe o seu comentário


 
preencha o
Código de segurânça


carregue no texto
 "reactie insturen "

 Muito obrigado pela sua visita ou por se ter interessado por este blog.

Isso dá-me esperança de que vais regressar a esta página , para ver novas fotografias - e não só.
Se desejar deixar a sua opinião, faça-o por baixo de cada texto, clicando em "comentário"
Gostaria muito de poder melhorar o meu blogue com o seu comentário positivo.
 
Beoordeel dit blog
  Zeer goed
  Goed
  Voldoende
  Nog wat bijwerken
  Nog veel werk aan
 
Zoeken in blog

Radio Português

>radio
<BR< body>
Mijn favorieten
  • Fá Menor
  • na faldas das serra
  • ruivas loiras e morenas
  • Mafaldinha
  • Sesimbra
  • O açor
  • Deixandar o barco
    Mijn favorieten
  • com calma com que alma
  • ART AND KITS
  • SOPRO DIVINO
  • AVOGI
    Inhoud blog
  • No salão nobre do paço dos duques
  • No fundo do mar
  • Braga
  • Azulejos
  • Férias em galope .
  • O rio Douro
  • Moa
  • Melancolia
  • Durante as férias nunca consigo escrever
  • Calendário Mês de julho
  • Carta de amor
  • Nem Italiano nem Belga
  • São Pedro Póvoa de Varzim
  • Marchas populares
  • Uma conversa mal-entendida .
  • Mas Lisboa eu amo-te
  • anjos
  • o meu profundo pesar
  • Até breve
  • era uma vez
  • O trono do Crisântemo
  • bachus
  • o jardim zoologico de Antuérpia
  • Só alguns dias faltam
  • O strudel de maçâs
  • Vasco de Gama
  • O moinho de café
  • Não sou nada
  • Ó vizinha quantos anos tem.
  • Ir de Bruxelas a Nazaré
  • Sinjoor -Alfacinha
  • a lenda de Antuérpia
  • poço
  • Eurosong
  • A vaca que ri ,uma história de férias
  • Sintra, a bela eterna.
  • O Mirandês
  • Bátegas em março e caprichos em Abril
  • Tavira Algarve
  • Portugal
  • putos no jardim do Palácio dos Marqueses de Fronteira
  • palco fado
  • Praia de Arrifana
  • 25 de Abril
  • Um maço de poemas
  • Enseada
  • quadrinho pintado à mão
  • Simone de Oliveira canta Brel
  • O larápio do ovo de Páscoa
  • Na sua idade avançada
    We zijn de 29de week van 2017
    São tolerados este blog
    comentários ofensivos.
    Mas prefiro que
    as caixas de comentários
    servem para abrir o debate 
    ou entregar sugestões
    sobre os textos.
    Mas no caso 
    quiser usar os espaços
    para a calúnia
    ou comentário maledicente.
    Então,muito obrigado
    para sua atenção.
    Nieuws De Morgen
  • Van Hollywood naar het Vlaamse platteland: Belgische producer LIMITS maakt indruk
  • Oorlogstoestand in zuiden Filipijnen verlengd tot einde van het jaar: al meer dan 600 doden
  • Vier redenen waarom Red Flames mogen dromen van EK-kwartfinale
  • Linkin Park schrapt tournee na dood frontman
  • Kink in de kabel bij onderhandelingen over federale begroting: Open Vld ligt dwars
  • Israël arresteert broer van Palestijn die huis binnendrong en drie leden van Israëlisch gezin doodde
  • Hoe 4.000 kilo worst een Bulgaars parlementslid de kop dreigt te kosten
  • Waarom de Red Flames live op televisie móéten komen
  • Barst internetbubbel straks opnieuw?
  • Dit moet u weten voor u gaat eten
    Willekeurig SeniorenNet Blogs
    cate
    blog.seniorennet.be/cate
    Blog als favoriet !

    Laatste commentaren
  • Goedemorgen (Dirk)
        op No salão nobre do paço dos duques
  • Goede morgen Alfacinha (Gerda)
        op No salão nobre do paço dos duques
  • Bela foto (Ana)
        op No salão nobre do paço dos duques
  • Hallo (steffie)
        op No salão nobre do paço dos duques
  • Weekendgroetjes Alfacina (Claire)
        op No salão nobre do paço dos duques
  • Categorieën
    Archief per maand
  • 07-2017
  • 06-2017
  • 05-2017
  • 04-2017
  • 03-2017
  • 02-2017
  • 01-2017
  • 12-2016
  • 11-2016
  • 10-2016
  • 09-2016
  • 08-2016
  • 07-2016
  • 06-2016
  • 05-2016
  • 04-2016
  • 03-2016
  • 02-2016
  • 01-2016
  • 12-2015
  • 11-2015
  • 10-2015
  • 09-2015
  • 08-2015
  • 07-2015
  • 06-2015
  • 05-2015
  • 04-2015
  • 03-2015
  • 02-2015
  • 01-2015
  • 12-2014
  • 11-2014
  • 10-2014
  • 09-2014
  • 08-2014
  • 07-2014
  • 06-2014
  • 05-2014
  • 04-2014
  • 03-2014
  • 02-2014
  • 01-2014
  • 12-2013
  • 11-2013
  • 10-2013
  • 09-2013
  • 08-2013
  • 07-2013
  • 06-2013
  • 05-2013
  • 04-2013
  • 03-2013
  • 02-2013
  • 01-2013
  • 12-2012
  • 11-2012
  • 10-2012
  • 09-2012
  • 08-2012
  • 07-2012
  • 06-2012
  • 05-2012
  • 04-2012
  • 03-2012
  • 02-2012
  • 01-2012
  • 12-2011
  • 11-2011
  • 10-2011
  • 09-2011
  • 08-2011
  • 07-2011
  • 06-2011
  • 05-2011
  • 04-2011
  • 03-2011
  • 02-2011
  • 01-2011
  • 12-2010
  • 11-2010
  • 10-2010
  • 09-2010
  • 08-2010
  • 07-2010
  • 06-2010
  • 05-2010
  • 04-2010
  • 03-2010
  • 02-2010
  • 01-2010
  • 12-2009
  • 11-2009
  • 10-2009
  • 09-2009
  • 08-2009
  • 07-2009
  • 06-2009
  • 05-2009
  • 04-2009
  • 03-2009
  • 02-2009
  • 01-2009
  • 12-2008
  • 11-2008
  • 10-2008
  • 09-2008
  • 08-2008
  • 07-2008
  • 05-2008
  • 04-2008
  • 03-2008
  • 02-2008
  • 01-2008
  • 12-2007
  • 11-2007
  • 10-2007
  • 09-2007
  • 08-2007
  • 07-2007
  • 06-2007
  • 05-2007
  • 04-2007
  • 03-2007
  • 02-2007
  • 01-2007
  • 12-2006
  • 11-2006
  • 10-2006
  • 09-2006
  • 08-2006
  • 07-2006
  • 06-2006
  • 05-2006
  • 04-2006
  • 03-2006
  • 02-2006
  • 01-2006
  • 12-2005
  • 11-2005
  • 10-2005
    CASA PORTUGUESA
    escrito por um belga


    .... ....



    Seja bem-vindo


    Caro visitante deixe um comentário e faça-o porbaixo de cada texto,
    *preencha um nome (naam)
    *preencha endreço E-mail
    preencha o seu URL
    *preencha um título (tittel)
    *escreva o seu comentário
    *preencha o Código de segurânça
    (código ilegível carregue no X (nieuwe code aanvragen)
    *carregue no texto "reactie insturen " para enviar comentário
    29-11-2005
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.A noite de fado
    Klik op de afbeelding om de link te volgen







    uma noite de fado



    Está estranho,talvez! Já passou vinte anos e tal e nunca assistimos a uma noite de fado. Não obstante, no bairro Alto ou Alfama ficam várias casa de fadista, sempre os recrutares desconfiamos, sobretudo aqueles que abordaram os ingénuos turistas para que entrarem. Felizmente, graças a Deus nunca fizemos porque para perceber Fado, tens de conhecer pelo menos a alma portuguesa e entender as palavras sobre a verdadeira vida, cantado no Fado. Era uma vez.....
    Vagueámos pelas ruas do Bairro Alto, entretanto buscando um recanto para jantar. Estava uma noite linda, com o céu coberto de estrelas e uma lua cheia, iluminando os largos e as ruas desse bairro animado. De repente, estivemos atraídos pela algazarra e a som de música numa casa de pasto. Então entrámos sem saber o que a noite iria levar. O empregado ofereceu -nos um lugar à frente dum estrado, onde alguns músicos estavam a afinar os instrumentos. A sala de jantar era baixa e não tão grande, mas íntima. A cozinha no fundo, posta de modo que estivéssemos de capaz observar todas as actividades tanto atrás do balcão como à frente. Uma mulher grossa pisou no palco, ela observava os clientes com feições serviras fadista parecia mal disposta. Porque estivéssemos sentados ao pé do palco, ouvimos sem querer a conversa dela aos músicos...Ouça, esta noite não vale a pena cantar, só há, turistas e bichas na sala.!!
    Os guitarristas anuíram silenciosamente, e estavam habituados provavelmente ouvir os lamentos da rufia .As primeiras sons apuradas dos violinos soam no espaço. Ás mesas as pessoas ouviram com atenção, a fadista fofa pigarreou a voz algumas vezes, fez um aceno leve da cabeça e entoava uma canção de voz rouca e desafinadas atenção dos clientes diminuiu a olhos vistos. De improviso, da cozinha ouvimos a voz de alguém que quis ajudar a fadista em apuros, no início com voz baixa mas assim pura e fina que mesmo os turistas presentes ficaram entusiasmados e davam palmas imponentes no final. Por detrás do balcão aparecia uma mulherzinha muita tímida, a empregada da louça, com ainda o suor da água quente na testa e embaraçada pelo êxito continuava cantar e, ela cantaria como um rouxinol cantasse no luar sem parar. Quanto mais a noite envelhecia, quanto mais o ambiente se tornava abafado e sensual. Os clientes que não tinham a nacionalidade portuguesa já trocarem a cadeira para uma cama, não sabendo que a verdadeira noite de fado começaria o momento que eles partissem. Entre os fadistas que se sucederam um após outro no palco houve um homem peculiar, um fadista cego que cantava sobre a sua vida na escuridão, em responso, os lisboetas cantarolavam de paixão para sustentar aquele fadista que procurava felicidade e grato na cantiga. O fado que é que foi, a música arrebatadora, os fadistas, os lisboetas ou talvez sentasse o torpor do vinho. Seja que for, esse serão inesquecível terminaria como o começasse, a saber em beleza pura. Adoro
    Lisboa

    COMENTÁRIO (0)
    26-11-2005
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.a prova
    Klik op de afbeelding om de link te volgen










    A prova científica do aquecimento da Terra










    COMENTÁRIO (0)
    23-11-2005
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Hino Nacional A portuguesa
    Klik op de afbeelding om de link te volgen





              Herois do mar ,nobre Povo,
              Nação valente ,imortal
              levantai hoje de novo
              O esplendor de Portugal!!
               Entre as brumas da mémoria
               Ó Pátria, sente-se a voz
               dos teus egrégios avós
                Que há- de guiar- te à vitória!!

                 Ás  armas,ás armas!!
                 Sobre a terra,sobre o mar
                 Ás armas, às armas!! 
                  Pela Pátria lutar.
                  Contra os canhões marchar, marchar

      Hino Nacional :A Portuguesa:
         Música:Alfredo Keil
            Poesia: Henrique Lopes Mendonça

    COMENTÁRIO (0)
    22-11-2005
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.'arvore de Natal em Olissipo=lisboa
    Klik op de afbeelding om de link te volgen







    Já uma Árvore de Natal em Olissipo = Lisboa -2005
    Os dois milhões de luzes da maior árvore de Natal da Europa.Instalada na praça do comércio ,em 19 de novembro, acesas numa ceremónia marcada por um espetáculo de fogo-de-artifício.

    COMENTÁRIO (0)
    18-11-2005
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Não posso privar os meus amigos deste notícia
    Klik op de afbeelding om de link te volgen Não posso privar os meus amigos desta notícia!!!
    Foi comprovado em pesquisa científica que se beberes mais de1 litro de água por dia,durante 1 ano, no final do ano terás ingerido mais de 1 quilograma de coliformes fecais que estão diluídos na água,ou seja :
    1 quilo de MERDA!!!!!

    Já bebendo vinho...não se corre esse risco uma vez que esses coliformes não sobrevivem ao processo de fermentação.
    Por isso peço que comuniques a todos os que bebem ´agua ,que essa porra faz mal!!!!

    Está  dado o alerta ! depois não digas que eu não avisei!!
    Quem tiver consciência vai chegar à conclusão de que:
    " É muito melhor beber vinho e dizer merdas ,do
    que beber merda e não dizer nada".

    bom fim de semana!!!
    Luiza  

    COMENTÁRIO (0)
    17-11-2005
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Um dia chato
    Klik op de afbeelding om de link te volgen

    Que nojo de dia.Céu está sombrio,chove de vez em quando para não falar do frio.O sol que entra nas vidraças nesse momento é de curto prazo,tenho nada  a fazer.Saio a casa para passear um bocadinho,mas está tão frio e as ruas  estavam tão molhadas de neve que ,fui até GUC (cinema complexo)tentar ver um sessão ,mas estava atolado de gente .Meu prazer ver um filme desvaneceu-se rapidamente,ao ver a bicha enfrente da bilheteira.
    Estou de volta em casa.Os últimos dias não tenho tido tempo nenhum para navegar na Net.Quatro pessoas vieram visitar-me ,facto não esperei que acontecesse meu blog.
    A todos sejam bem-vindos .


    COMENTÁRIO (0)
    15-11-2005
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.poema de Fernando Pessoa
    Klik op de afbeelding om de link te volgen






    Não sou nada
    Nunca serei nada
    Não posso querer ser nada
    A parte isso,tenho em mim todos os sonhos do Mundo






    fernando Pessoa

    COMENTÁRIO (0)
    14-11-2005
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.O conde da flandres o Fernando de Portugal
    Klik op de afbeelding om de link te volgen

    Fernando de Portugal



    A estátua de Joana de Constantinopla (Kortrijk)

    O Fernando ,filho de D.Sancho e D.Dulce nasceu a 24 de Março de 1188.Para que não seja o filho varão decidiu partir para França.Instalou-se na corte do rei Filipe Augosto.Fernando mudou de nome chamava-se Ferrand,era um homem altíssimo de cabelo preto ,todos respeitavam-no e as mulheres admiravam-no.Entre as Dames na corte Francesa havia uma jovem Joana de Constantinopla era linda e possuía uma fortuna  e herdaria o condado da Flandres  e de Hainaut  para que o pai dela desaparecasse em combate.Fernando agora chamado ferrand pedia-a em casamento,o rei autorizou o casamento mas impondo ao Ferrand  duas condições antes de partir com a noiva,teria julgar fidelidade ao rei de França e a entregar-lhe dois castelo flamengo  de grande valor estratégico .Ferrand não teve outra solução que concordar.Esta ajuda ao rei de França não agradou os nobres flamengos  mas afinal acabou por ser aceite pelos habitantes do condado ,que reconheceram nele um administrador talentoso e quem   preconceberá o interesse
     do povo .Quando ferrand recusava ao rei para apoiar num conflito com Inglaterra .A França lançou os seus exércitos contra a Flandres .Derrotado e cativo depois do combate
    de Bouvines(1214),o Ferrand foi levado para França como prisioneiro e para o humilhar ,conforme a uma antiga lei francesa, o rei mandou  que o transportassem numa carroça,com grilhetas nos pés e mãos .Passou doze anos no cárcere do Louvre. Ferrand foi libertado com a paz de Melun(1226).Regressava para Flandres , morreu em 1233 sem deixar sucessor no trono de condado.

    §



    COMENTÁRIO (0)
    12-11-2005
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Luís de Camões
    Klik op de afbeelding om de link te volgen Ik Luís de Camões verklaar om de portugese taal  te leren ga naar talenschool  Eikenstraat antwerpen

    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.O meu blog
    Klik op de afbeelding om de link te volgen
    Confesso,no início,estava bastante excitado com o meu bloquinho.Todos os dias,a primeira coisa que faço ,antes mesmo de fazer xixi e lavar os dentes é correr a ver  o meu blog .Quis saber quantos visitantes me responderam .
    Infelizmente,a  expectativa não se preencheu como eu desajaria ,isso não quer dizer que estou desiludido .Ao contrário ,
    o blog e o meu meio para avançar no uso da língua portuguesa.
    Então os escasses leitores ficam bem-vindos e espero que os revelassem a beleza do idioma português.
    Não estejam envergonhados  e responderam me.
     


    COMENTÁRIO (0)
    11-11-2005
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.O pénis Do Papa
    Klik op de afbeelding om de link te volgen OO
     



    O pénis Do Papa
    Dependurou lá no fundo das suas vestes,um delicado
    badalo no centrum sino.
    Mexe-se quando ele se mexe,um peixe espectral numa
    auréola de algas prateadas,os pêlos
    balançando na escuridão e no calor  -e a noite.
    Enquanto os seus olhos dormem ele levante-se
    em louvar de Deus

    Scharon Olds

    COMENTÁRIO (0)
    06-11-2005
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.O pobre triste não dorme
    Klik op de afbeelding om de link te volgen O pobre triste não dorme; Sonha de dia e tem a ilusão da realidade;e tem;de noite ,sonhando,a realidade da ilusão.
    Possui,em alto grau,estes dois sentidos da realidade,como todos os malucos que avistam as duas faces da medalha .'E que ele existe e vive.E existe de tal modo ,que penetra na própria substância dos rochedos.E o oiro cintila no seu riso ,a prata fulgara nas suas lágrimas e é em bronze que ele funde as suas dores.


    teixeira de Pascoaes(1877 - 1952)

    COMENTÁRIO (0)
    05-11-2005
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.receita : bolinhos de bacalhau
    Klik op de afbeelding om de link te volgen

    1,5 kg de Bacalhau da Noruega
    -1 kg batatas da tipa seca,boa para fritar
    -1 ramo de salsa
    -pimenta
    -2 claras
    -azeite de oliva
     -oléo de soja para fritar
    Dessalgar o Bacalhau .Aferventá-lo e limpar pele e espinhas.Desfiar o Bacalhau com um pano de algedão ou com as mãos.Cozinhas as batatas amassá-las e misturar ao Bacalhau ,de preferência com as mãos.Acresentar a salsa picada,a pimenta,as duas claras batidas em neve e misturar.
    Untar as mãos com azeite e enrolar os bolinhos .Fritar em oléo abundante e bem quente.


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Bacalhau
    Klik op de afbeelding om de link te volgen

    foram os portugueses os primeiros a ir pescar o bacalhau às costas da Terra Nova que foi descoberta em 1497.
    Apenas nove anos depois, no reinado d D.Manuel,já era mandado cobrar o dízemo da pescaria da Terra Nova nos portos de Entre Douro e Minho como consta do Alvará de 14 de Outoubro de 1506.
    Consequentamente foram os portugueses os que primeiro introduziram na alimentação humana europeia aquele peixe seco,inventando as primeiras receitas para a sua preparação culinária.


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.De lachende koe - a vaca que ri
    Klik op de afbeelding om de link te volgen

    Ao fim do Ano estivemos em Lisboa.Não era a primeira vez,anos após anos andamos para além.Este Ano temos pernoitado num hotel distinto ,situa -se na rua Garret onde também fica
    o mais ilustre Café de Lisboa o Brasileira.O hotel já tem enfrentado os séculos mas agora possui quartos renovados e um equipe de pessoal adequado e extremamente simpático.



    O pequeno-almoço tomamos numa sala lindíssima com traços antigos, da qual todas as paredes estão pintadas em cores verde fina e branca e,nos quatro cantos decoram pilares gregos dourados a sala.Putos ao tecto guardam tranquilmente  de olhos sorridentes .Em cima das mesas de toalhas brancas estão postas ,como de costume ,chávenas,pires,talher,pãozinhos,manteiga açorense sem ou com sal e doce da casa de Mateus.
    Houve diversas mesas ocupadas com hóspedes vindos dos quatro pontos cardeais do Mundo.

     
    Só um empregado ocupou-se das mesas utilisadas
    para arranjar de novo para outros hóspedes.
    Observei-o e notou que era uma pessoa amável e correcta.Pareceu -me com Sidney Poitiers o actor americano,tinha as mesmas feições,aspecto juvenil e figura esbelta.Ele vagueava com agilidade à rente das mesinhas,as vezes,anuindo ou falando com os estrangeiros.Tinha pricipalmente muita atenção para um velho casal americano ,provavelmente clientes dos bons tempos anterior,ou talvez fosse a sua amibilidade  em perspectiva duma gorjeta requinta.Embora poupasse ninguém com algumas palavras simpáticas.


    Num momento passou pela nossa mesa.
     --Bom Dia,gute morgen,good morning!
    Uma conversa envolveu-se imediatamente porque om meu amigo e companheiro não tem papas na língua.
    ---O Senhor é do Brasil .O Sidney respondeu com uma risada jovial.
    ---Não ,não, estou mais proxíma do original, sou de Angola mas já moro trinta anos e tal em Lisboa.
    ----vivemos em Antuérpia e somos flamengos.
    O semblante de Sidney tornou-se um grande riso,seus olhos cintelavam.
    --Há que engraçado,Antuérpia conhecei muito bem.No tempo  que estive hospedeiro a bordo dum cargueiro amarrámos regularmente no porto de Antuérpia.O porto é grande e, para irmos ao centro da cidade deviámos apanhar um taxi.
    Não tinhámos de dividir das suas palavras.É verdade o porto fica longe do centro.
    Sidney Olhou para nós e, dizia com olhos misteriosos 
    --  Noites fogosas--  As Belgas gostam de dançar !.
    --Gostam de dançar!--Onde ? rispostámos em coro .
    O sidney entusiasmado , continuava a contar.
    Saímos perto de estação central ,numa sala de  baille ,chamava-se de lachende koe(A vaca que ri) não a conhece??
    ---Sim,sim conhecemos,mas infelizmente hoje o dia já não existe.
    O empregado com olhos esbulgalhados de espanto ,repitou ---como já não existe.?
    ---Sim a vaca morreu ,foi a reposta seca ao Sidney
    --Morreu ?A vaca está morte?Disse ele com incredibilidade e continuava olhar espantosamente para nós.
    --Sim,sim acabou dar leite e foi abatida no matadouro.
    O Sidney não soube dizer mais nada  e ia chorando de riso continuar com o seu trabalho.


    A amanhâ seguinte ele passou pela nossa mesa entretanto abanando a cabeça e dizia.
    ----- A vaca morreu não dava sufucientemente leite       
     Nós dizemos que sim com a cabeça



    COMENTÁRIO (0)

    >

    Blog tegen de regels? Meld het ons!
    Gratis blog op http://blog.seniorennet.be - SeniorenNet Blogs, eenvoudig, gratis en snel jouw eigen blog!