NIEUW: Blog reclamevrij maken?
O Português não é a minha lingua materna.
Sou belga neerlandófono e amo Portugal
 
Mijn bloggernaam is Alfacinha
 Dat is ook toevallig de spotnaam van
 een lisboeet en betekent slaatje  .
Ik ben dus voor de duidelijkheid
een krop sla

dou -me conta de que
não é muito fácil
para quem não conhece
o Neerlandês
deixar um comentário.
Se desejar deixar
o seu comentário
faça o seguinte

 preencha um nome(naam
)
 
seja obrigatório
preencher endreço E-mail

 Possa  preencher o URL

 preencha um título(
titel
)

 
deixe o seu comentário


 
preencha o
Código de segurânça


carregue no texto
 "reactie insturen "

 Muito obrigado pela sua visita ou por se ter interessado por este blog.

Isso dá-me esperança de que vais regressar a esta página , para ver novas fotografias - e não só.
Se desejar deixar a sua opinião, faça-o por baixo de cada texto, clicando em "comentário"
Gostaria muito de poder melhorar o meu blogue com o seu comentário positivo.
 
Beoordeel dit blog
  Zeer goed
  Goed
  Voldoende
  Nog wat bijwerken
  Nog veel werk aan
 
Zoeken in blog

Radio Português

>radio
<BR< body>
Mijn favorieten
  • Fá Menor
  • na faldas das serra
  • ruivas loiras e morenas
  • Mafaldinha
  • Sesimbra
  • O açor
  • Deixandar o barco
    Mijn favorieten
  • com calma com que alma
  • ART AND KITS
  • SOPRO DIVINO
  • AVOGI
    Inhoud blog
  • Mas Lisboa eu amo-te
  • anjos
  • o meu profundo pesar
  • Até breve
  • era uma vez
  • O trono do Crisântemo
  • bachus
  • o jardim zoologico de Antuérpia
  • Só alguns dias faltam
  • O strudel de maçâs
  • Vasco de Gama
  • O moinho de café
  • Não sou nada
  • Ó vizinha quantos anos tem.
  • Ir de Bruxelas a Nazaré
  • Sinjoor -Alfacinha
  • a lenda de Antuérpia
  • poço
  • Eurosong
  • A vaca que ri ,uma história de férias
  • Sintra, a bela eterna.
  • O Mirandês
  • Bátegas em março e caprichos em Abril
  • Tavira Algarve
  • Portugal
  • putos no jardim do Palácio dos Marqueses de Fronteira
  • palco fado
  • Praia de Arrifana
  • 25 de Abril
  • Um maço de poemas
  • Enseada
  • quadrinho pintado à mão
  • Simone de Oliveira canta Brel
  • O larápio do ovo de Páscoa
  • Na sua idade avançada
  • Uma esbelta espécie de melga
  • falcoaria
  • numa jangada de papel
  • Primavera
  • Superbock
  • blogues da língua portuguesa
  • cruzada
  • Tavira
  • O Avarento
  • um hálito horrível
  • Ó dormidor preguiçoso l
  • o atentado homicido
  • Dois bilhetes para Cacilhas, ida e volta, se faz favor
  • - Se eu pudesse trincar a terra toda
  • Estrangulado
    We zijn de 25de week van 2017
    São tolerados este blog
    comentários ofensivos.
    Mas prefiro que
    as caixas de comentários
    servem para abrir o debate 
    ou entregar sugestões
    sobre os textos.
    Mas no caso 
    quiser usar os espaços
    para a calúnia
    ou comentário maledicente.
    Então,muito obrigado
    para sua atenção.
    Nieuws De Morgen
  • Syrische piloot wist Amerikaanse aanval eerst af te slaan - om daarna alsnog te crashen
  • 9/11 arbeider die dreigt gedeporteerd te worden, krijgt mogelijk tweede kans
  • Eén spoor vrijgegeven na aanrijding in Sint-Truiden
  • Duitse inlichtingendienst bespioneerde Witte Huis
  • Een wapen van nog geen euro: Chinese kinderen willen massaal deze minikruisboog
  • Jambon overweegt opleiding 'behavioural detection' voor alle politiemensen
  • Alle sporen opnieuw vrij tussen Kontich en Mechelen
  • Huisstijl van VRT krijgt een make-over
  • Guatemala door zware aardbeving getroffen
  • Onderzoekscommissie zet punt achter hoorzittingen Publifin
    Willekeurig SeniorenNet Blogs
    pwmuziek
    blog.seniorennet.be/pwmuzie
    Blog als favoriet !

    Laatste commentaren
  • Nu hebben we een beetje teveel van het goede (Gerda)
        op Mas Lisboa eu amo-te
  • zonnige donderdag (noella)
        op Mas Lisboa eu amo-te
  • Een fijne donderdag (Patty_en_freddy )
        op Mas Lisboa eu amo-te
  • Dag Alfacinha (ria)
        op Mas Lisboa eu amo-te
  • Sentimentos de grande Cidade... (beites)
        op Mas Lisboa eu amo-te
  • Categorieën
    Archief per maand
  • 06-2017
  • 05-2017
  • 04-2017
  • 03-2017
  • 02-2017
  • 01-2017
  • 12-2016
  • 11-2016
  • 10-2016
  • 09-2016
  • 08-2016
  • 07-2016
  • 06-2016
  • 05-2016
  • 04-2016
  • 03-2016
  • 02-2016
  • 01-2016
  • 12-2015
  • 11-2015
  • 10-2015
  • 09-2015
  • 08-2015
  • 07-2015
  • 06-2015
  • 05-2015
  • 04-2015
  • 03-2015
  • 02-2015
  • 01-2015
  • 12-2014
  • 11-2014
  • 10-2014
  • 09-2014
  • 08-2014
  • 07-2014
  • 06-2014
  • 05-2014
  • 04-2014
  • 03-2014
  • 02-2014
  • 01-2014
  • 12-2013
  • 11-2013
  • 10-2013
  • 09-2013
  • 08-2013
  • 07-2013
  • 06-2013
  • 05-2013
  • 04-2013
  • 03-2013
  • 02-2013
  • 01-2013
  • 12-2012
  • 11-2012
  • 10-2012
  • 09-2012
  • 08-2012
  • 07-2012
  • 06-2012
  • 05-2012
  • 04-2012
  • 03-2012
  • 02-2012
  • 01-2012
  • 12-2011
  • 11-2011
  • 10-2011
  • 09-2011
  • 08-2011
  • 07-2011
  • 06-2011
  • 05-2011
  • 04-2011
  • 03-2011
  • 02-2011
  • 01-2011
  • 12-2010
  • 11-2010
  • 10-2010
  • 09-2010
  • 08-2010
  • 07-2010
  • 06-2010
  • 05-2010
  • 04-2010
  • 03-2010
  • 02-2010
  • 01-2010
  • 12-2009
  • 11-2009
  • 10-2009
  • 09-2009
  • 08-2009
  • 07-2009
  • 06-2009
  • 05-2009
  • 04-2009
  • 03-2009
  • 02-2009
  • 01-2009
  • 12-2008
  • 11-2008
  • 10-2008
  • 09-2008
  • 08-2008
  • 07-2008
  • 05-2008
  • 04-2008
  • 03-2008
  • 02-2008
  • 01-2008
  • 12-2007
  • 11-2007
  • 10-2007
  • 09-2007
  • 08-2007
  • 07-2007
  • 06-2007
  • 05-2007
  • 04-2007
  • 03-2007
  • 02-2007
  • 01-2007
  • 12-2006
  • 11-2006
  • 10-2006
  • 09-2006
  • 08-2006
  • 07-2006
  • 06-2006
  • 05-2006
  • 04-2006
  • 03-2006
  • 02-2006
  • 01-2006
  • 12-2005
  • 11-2005
  • 10-2005
    CASA PORTUGUESA
    escrito por um belga


    .... ....



    Seja bem-vindo


    Caro visitante deixe um comentário e faça-o porbaixo de cada texto,
    *preencha um nome (naam)
    *preencha endreço E-mail
    preencha o seu URL
    *preencha um título (tittel)
    *escreva o seu comentário
    *preencha o Código de segurânça
    (código ilegível carregue no X (nieuwe code aanvragen)
    *carregue no texto "reactie insturen " para enviar comentário
    31-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Os portugueses e Bruges

    No Domingo em Bruges, mesmo com a presença de tantos turistas de todos os cantos do mundo, creio que seja impossível visitar Bruges sem ficar cativo.
    Bruges não só é uma aglomeração de casas e edifícios. Bruges é Bruges.
    A Veneza do Norte mas mais antiga e original com os seus traços medievais.
    Quando Bruges acordou, cinzenta, fria e abraçado por uma bruma matinal, fica encanta e misteriosa.
    Com sol é uma paraíso onde se quer demorar para um longe período, gozar do silêncio dos canais onde o rio passa lentamente pelas fachadas, palácios e praças, dia após dia.
    Na entrada de Bruges, deixamos o carro fora das muralhas e percorremos pelas ruas acompanhado inevitavelmente pelo som do carrilhão. Passámos tempos nas lojas de antiguidades e nos alfarrabistas, entrámos nos numerosos museus, nas igrejas e no rossio grande, sentado numa esplanada, lambíamos um delicioso gelado com chocolate quente. Deixa mo lembrar que somos o país do melhor chocolate.
    Quando estivemos de barco para visitar a cidade pelos canais, ao sair de debaixo de uma ponte, o condutor diz, para olhar para esquerda. Veja lá, numa fachada típica flamenga estava bem pendurada duma janela a bandeira de Portugal e Benfica. Deixei um suspiro de alívio, depois de abandonar a Bruges no século décimo quinto para que o Zwyn se assoreasse e por isso os comerciantes iam buscar a sua fortuna em Antuérpia, os portugueses chegaram de novo em Bruges..
    Het minnewater e o beguinage  (Espécie de convento mas sem freiras) é um sítio o mais lindo de Bruges, lá dentro domina um silêncio e uma beleza que raramente encontrará num lugar tão turístico.
     Despedimo-nos de Bruges ao som dos cascos dos cavalos nas pedras da rua e ao som único do carrilhão. E mesmo que amanhã Bruges acordasse melancólica e cinzenta, estou certo que voltará.


    COMENTÁRIO (3)
    30-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Lagos

                                                       Lagos

                                                                     Esta Senhora encontrei em lagos Algarve


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.O vaqueiro


                                                        O vaqueiro


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.uma casa portuguesa com certeza



                                                                                        Amália         

    Numa casa portuguesa fica bem
    pão e vinho sobre a mesa.
    Quando à porta humildemente bate alguém,
    senta-se à mesa co'a gente.
    Fica bem essa fraqueza, fica bem,
    que o povo nunca a desmente.
    A alegria da pobreza
    está nesta grande riqueza
    de dar, e ficar contente.

    Quatro paredes caiadas,
    um cheirinho á alecrim,
    um cacho de uvas doiradas,
    duas rosas num jardim,
    um São José de azulejo
    sob um sol de primavera,
    uma promessa de beijos
    dois braços à minha espera...
    É uma casa portuguesa, com certeza!
    É, com certeza, uma casa portuguesa!

    No conforto pobrezinho do meu lar,
    há fartura de carinho.
    A cortina da janela e o luar,
    mais o sol que gosta dela...
    Basta pouco, poucochinho p'ra alegrar
    uma existéncia singela...
    É só amor, pão e vinho
    e um caldo verde, verdinho
    a fumegar na tijela.

    Quatro paredes caiadas,
    um cheirinho á alecrim,
    um cacho de uvas doiradas,
    duas rosas num jardim,
    um São José de azulejo
    sob um sol de primavera,
    uma promessa de beijos
    dois braços à minha espera...
    É uma casa portuguesa, com certeza!
    É, com certeza, uma casa portuguesa!

    Música:V.m.Sequeira;Artur fonseca
    Letra; Reinaldo Ferreira

     


    COMENTÁRIO (0)
    29-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Emoção
    Klik op de afbeelding om de link te volgen

    Tenho escrito sobre a corrida numa maneira muito seca, embora o leitor possa me acreditar que fosse uma experiência extremamente relevadora para mim. Não posso descrever em palavras numa folha branquinha,tal  como um escritor escreveria os seus pensamentos espirituais directamente ao papel, as emoções que rebentaram nas minhas veias.O momento que o cabo,  balançando com as ancas,  à distância de um metro e meio para que o touro o atacasse e, ele pode  lançar se entre os cornos do animal  furoso, fica uma coisa incrível, ainda sei que gritei de voz alta e saltei do meu assento um metro em cima de pavor.
     Um conselho meu, se quiser ver uma corrida ,  se tenha coração forte ,vai e escolhe  lugares na sombra, o sol alentejano queima tudo e todos .


    COMENTÁRIO (0)
    28-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.o cavaleiro e o touro

                                                   O cavaleiro e o touro

              


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.os forcados

                                          Os forcados

                  

        


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.a corrida


    corrida de touros à portuguesa

    A versão portuguesa difere bastante da corrida dos espanhóis. Em Portugal o touro não está combatido. Desde o século dezoito era proibido matar o touro e felizmente não acabará a corrida num massacre enfrente dos seus olhos, no primeiro plano se acentuará a audácia, elegância do cavaleiro e seu cavalo puro-sangue.

    Sob o clangor do clarim entra o touro, um animal bravo e agressivo, capaz de tirar a vida de qualquer um. Que linda massa negra, só para este animal grandioso, vale a pena ir a uma corrida, ver o touro. Agora entram os cavaleiros tauromáquicos de indumentária lindíssima, uma casaca bordada, as meias brancas que subirão até por cima dos joelhos, calção e botas de salto. Vão apresentá-los ao público uma boa equitação, com cavalos bem arranjados.

    É um espectáculo grandioso quando o touro ataque o cavaleiro, o equestre tem que evita-lo com elegância e fineza e, ao mesmo tempo tem que conseguir espetar um ferro nas espáduas do touro.

    Mas a coisa que dá a maior excitação é quando entra na arena, um grupo de homens jovens vestido de vestuário de forcado, calção, jaqueta e barrete e armado com uma paixão intensa, o gosto de pegar o touro.

    O espectáculo começa magnificamente quando o cabo do grupo aproxima atrevimento o touro, alentará de voz alta para que o atacar. A emoção que solta nas veias ao ver a pega . O momento é esquecível quando o cabo se lança sobre o touro com um abraço forte na cara do animal.

    Há três maneiras para pegar o touro, de cara, de costas, de cernelhas, o touro fica dominada quando os forcados o fazem parar, não esquece estes homens arriscam a própria vida.

    Uma vez vencido, o touro está acompanhado por uma boiada de vacas e sai sob o aplaudir caloroso do povo a arena.


    COMENTÁRIO (0)
    27-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.O vinho e Leite
    Klik op de afbeelding om de link te volgen

    O Vinho e o Leite
    No frigorífico, um copo de vinho começa a insultar um copo de leite:
    - Ó branquelo! estás muito branco! Não tens vergonha dessa cor desbotada?
    Vai apanhar sol, faz bem à saúde!
    E o leite, já fulo da vida responde:
    - Olha só quem vem falar de saúde? Logo tu que prejudicas a saúde das pessoas! Atacas o fígado, embriagas! Só fazes mal às pessoas....
    Mas o copo de vinho não se deu por vencido e respondeu:
    - Está certo! Tudo o que disseste é verdade! Agora só há um pormenorzinho!
    - E qual é?
    - Bem, a minha mãe é uma uva... e a tua ???


    COMENTÁRIO (0)
    24-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.entrai que aqui nesta casa
                                             Poema azulejo


    COMENTÁRIO (0)
    23-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.de Groenplaats vandaag 23.03.2006
    Klik op de afbeelding om de link te volgen







    Hoje, de groenplaats ao sol, Antuérpia estava luminosa. A flecha da catedral contrasta com o azul cristal do céu. O relógio dourado no topo desta lindíssima arquitectura do tempo remoto reflecte a hora exacta. Todas as esplanadas estão lotadas. Um dia com sol alegra qualquer um e os antuérpenses sabem bem aproveita-los.

    A praça está animada e alegra. Cada quarto da hora retumba amenamente os sinos do carrilhão, macio tal como a toca leve de uma harpa.É pena que um dia tão lindo , só tem 24 horas e o tempo passa rapidamente, a verdade é que o mundo gira e nós sempre dentro dele girando também.
    Por isso, está hora para ir a casa. Tenho gozado deste primeiro dia primaveril como um rapazinho gozou do seu primeiro beijo.

                                                           a minha cidade natal ,adoro


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Azenha do mar

                                               Azenha do mar


    COMENTÁRIO (1)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.a festa.
                                               A festa do touro


    COMENTÁRIO (0)
    22-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.os erros que vou repetir

             

    Então, cheguei lá,

    Dez mil visitantes, sei que não é o número real mas isto não me importa. 

    Várias pessoas vieram visitar - me, facto que não esperei que acontecesse.

    Afinal, não estou completamente contente pois reagisse no meu blog só duas pessoas em português. O melhor seria que eu começasse escrever para um público português mas acho isto ainda demasiado cedo e arriscado. Apesar disso, já comecei corresponder com os blogs portugueses. Já há muitos blogs excelentes, mas há um que adoro com quem costumava teclar.

    Não desespera, continuarei este blog, com mais fotografias para os analfabetos e os apreciadores têm que suportar os erros que vou repetir...e algumas outras gafes que não irei fazer.

    Uma boa semana para todos ,caros leitores e visitantes 

          Castelo bom


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.a primavera


     

    a PRIMAVERA

    Quando o Sol estava a brilhar

    eu senti uma breve brisa no ar

    e ouvi os pássaros a cantar.

    Era tão bom estar

    no campo a ver

    as nuvens a passar.

    E estar debaixo de uma árvore a ler.


    COMENTÁRIO (0)
    20-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.a vida



                                Porque é que os flamengos 
                                têm que dizer sempre mal
                                quando podem ver as coisas
                                por um lado mais positivo???

                                                

                                              Veja a vida com uma prenda vale a pena


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.amor é fogo

                        
                         Amor é fogo que arde sem se ver;
                         É ferida que dói e não se sente;
                         É um contentamento descontente;                   
                         É dor que desatina sem doer;
    
                         É um não querer mais que bem querer;
                         É solitário andar por entre a gente;
                         É nunca contentar-se de contente;
                         É cuidar que se ganha em se perder;
    
                         É querer estar preso por vontade;
                         É servir a quem vence, o vencedor;
                         É ter com quem nos mata lealdade.
    
                          Mas como causar pode seu favor
                          Nos corações humanos amizade,
                          Se tão contrário a si é o mesmo Amor?
    
                               Luís de Camões
    


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.a paciência da sogra



    A sexta-feira a minha sogra esteve

    à minha porta.

    Pediu me: possa ficar alguns dias.

    Eu disse: claro," não há nenhum problema!!
    .

    .

    .
    Esta manhã abri a porta .....e ainda estava lá!!!!!!!


    COMENTÁRIO (0)
    19-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.a confusão mental de uma imperatriz
    Klik op de afbeelding om de link te volgen




    A confusão mental de uma imperatriz
    Charlotte Maria amélie Auguste de Bélgica
    Imperatriz de México,princesa de Bélgica

    A imperatriz foi intoxicada pelos inimigos do casal imperial,tinha ocorrido provavelmente no momento que abandonou o México junto com as tropas franceses no verão de 1866. As coisas andaram mal para o império de México e foi o oportuno escolhido dos adversários do regime imperial para destruir definitivamente uma estrangeira incomodativa.

    Os primeiros sintomas de loucura já se manifestarem na presença de Napoleão terceiro e depois duma audiência ao Papa o Pius Nono, ela tinha perdido completamente a razão. A Charlotte em gravidez não queria abandonar o Vaticano e mesmo pernoitava lá, tanto medo que tinha para estar assinada.

    Nunca estava em seus juízes mas sobreviveu o marido durante 60 anos. (falecido 1927,Meise)O filho dela? um general francês morreu em 1965.

    met dank aan  de  geachte Heer Albert  voor de informatie


    COMENTÁRIO (0)
    18-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.as rodas da vida

                                    A desenha da verdade


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Xenofobia

    Com laivos de xenofobia

    Pierre, o que fizeste durante o recreio? - pergunta a professora.
    - Estive a brincar na areia, professora.
    - Muito bem, Pierre. Se conseguires escrever no teu caderno a palavra "areia"
    correctamente, dou-te um Muito Bom.
    O garoto escreve correctamente e a professora exclama:
    - Muito bem! E agora tu, Philippe: o que é que fizeste no recreio?
    - Eu também estive a brincar na areia, professora.
    - Certo. Se conseguires escrever a palavra "brincar" correctamente,
    também te dou um Muito Bom.
    O garoto escreve corretamente e a professora exclama:
    - Óptimo! E tu, Ahmed? O que fizeste durante o recreio?
    - Eu querria brrincar no arreia mas eles non deixarram...
    - Mas que horror! Isso é uma discriminação contra um grupo étnico minoritário,
    Com laivos de xenofobia! Olha, Ahmed, se escreveres correctamente
    "Uma discriminação contra um grupo étnico minoritário, com laivos de xenofobia"
    Dou-te um Muito Bom a ti também ...!!!!

     

     


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Palitos
    O palito
    A palavra palito pode ser em português ,uma pessoa excessivamente magra.ou um punhal.Ou um cigarro.No plural a palavra serve ainda para designar as hastes do boi.E finalmente, o palito foi nome de um jornal que se publico no Porto.
     A indústria do palito teve em Portugal alguma importância,nomeadamente em Lorvão e Coimbra.diz-se que os palitos coimbrões tinham até cunho artístico,por via dos seus rendilhãdos
    o padeiro(1922) Vista Alegre

    COMENTÁRIO (0)
    16-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.a caldeirada
                                             A caldeirada perfeita



    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.caldeirada

    Tive a ventura de por uma vez, ter sido convidado a participar de caldeirada a borde de um barquinho. Era na minha primeira viagem a Lagos Algarve, O dia antes tivemos encontrado pescadores jovens, a conversa andava muito difícil para que ninguém falasse o inglês ou francês mas entendemo-nos com gesticulações, afinal compreendemos que eles nos convidam para ir pescar, no mar.  Claro que estivemos de acordo,disposto a fazer uma coisa diferente,em vez de ir a praia ,um dia no mar e mesmo de bom grado.
    Então.
    O dia seguinte, estivemos aos cais para embarcar. Já houve um pequeno problema chato, estava mar baixo e tivemos que andar de gatas sobre rochas lamacentas e malcheirosas. Uma operação hilariante pois me tenha vestido de calças brancas.
    A borde, encontrámos o mestre e nossos amigos pescadores, levamos connosco para o mestre e seus marujos novos, uma caixa de charutos e uma garrafa brandy.

    No regresso de pesca ou faina, ainda a navegar os meus amigos preparam o almoço, uma caldeirada, o prato favorável dos pescadores (todos pescadores sabem a preparar este prato) Foi uma experiencia superior, o prazer sublime de degustar uma caldeirada no calmo balanço, de um barquinho. Não tanto pelos cuidados postos na sua preparação, mas sobretudo pela frescura fenomenal do peixe. A principal condição para o êxito deste prato.

    A caldeirada: a raia, tamboril, pata-roxa, cação, tremelga, safio (evitar o ultimo a parte do rabo tem demasiadas espinhas)
    A confecção: Salpique as postas de peixe com sal. Num tacho ponha em camadas, as cebolas em rodelas, as batatas também em rodelas finas, os peixe mas primeiro as postas que levam mais tempo para cozer, os tomates, louro, alho, pimenta, pimento, depois novamente cebolas etc. até esgotar os ingredientes, o sal, piripiri (atenção com isso) um pouco de vinho branco ou se os belgas preferissem cerveja, azeite, e algumas sardinhas no topo e ponha ao lume. Não necessita água. Um segredo do cozinheiro não mexe a caldeirada, pegam as asas do tacho e imprimem-lhe com pequenos movimentos de rotativos para que a cozinhado não se cole ao fundo também põem conchas de bivalves no fundo para evitar que se pegue.

    Não venhas de garfo porque hoje é dia de sopa.
      

                                                     

     


    COMENTÁRIO (0)
    13-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.a verdade científica
    Klik op de afbeelding om de link te volgen


                                       A verdade científica







               

                  Nos anos de 2001/2002,o mundo todo
                    gastou cinco vezes mais com
            implante de Silicone e com Viagra do que na
               investgação sobre o mal de Alzheimer
               O que se pode prever é que, daqui a 30 anos,
              Haverá um grande número de pessoas idosas
             Com seios enormes e erecções extraordinárias
              mas incapazes de lembrar para que ambos
                                servem......


    COMENTÁRIO (0)
    12-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Já Damião de Góis conhecia o valor da cerveja flamenga
    Klik op de afbeelding om de link te volgen

    Já Damião de Góis conhecia o valor da cerveja flamenga.

                         Em Portugal  foi lançado ultimamente uma cerveja nova de uma receita velha abadia.!!?
    Confesso o chauvinismo dos belgas a respeito das suas cervejas é grande.Para os belgas ,meter uma cerveja é mais do que matar a sede.há tipo de cerveja para cada momento do ano e mesmo do dia,um tipo de copo para cada cerveja e com a temperatura ideal para cada um. Por isso, têm que perceber que os arrepios me andam pelas costas ao ver a publicidade dessa cerveja abadia ? feito num fábrica e servindo num mesmo copo em balão aberto tal como os monges de ordem da Trapa em Westmalle deitariam suas cervejas, há séculos.

     No tempo de Carlos Quinto,o Damião de Góis era então
    professor na Universidade de Lovaina, onde vivia com a sua mulher Joana van Haagen.Nessa época houve um conflito grave que envolveu a França.Porque os exércitos franceses não conseguirem tomar a cidade de Antuérpia, marcharam sobre Lovaina. Ora, Lovaina dificilmente podia resistir a um cerco pois as muralhas tinham brechas e o fosse que a rodeava estava cheio de terra. Por isso não valia a pena resistir e a melhor era enviar um grupo de mensageiros oferecer um resgate para evitar o ataque da cidade. Entre os cavaleiros ia um representante da Universidade, o português Damião de Góis. Os franceses exigiram um resgate impossível e, os mensageiros fizeram uma contraproposta. Ofereciam -lhes vinte mil coroas e, em vez de armas entregariam treze mil litros de cerveja.
    O comandante do exército francês respondeu secamente.
    - E cerveja? Para é que nós queremos cerveja? Para lavar as botas?
    Um das réplicas de Damião de Góis ficou famoso:
    -Pois devia ficar muito contente com a nossa oferta, senhor, tenho a certeza de que nunca provou cerveja tal como a de Flandres.
    A discussão foi breve. Não houve entendimento possível, Damião reunira mil e quinhentos estudantes, distribuiu-lhes armas e caíram sobre os adversários tão violentamente que entrarem em pânico, fugindo em debandada. O cerco terminou de forma abrupta e os habitantes de Lovaina puderam festejar aquela vitória com uma bacanal de cerveja..


    COMENTÁRIO (2)
    11-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Eikenstraat

                                       TAALCURSUS


    COMENTÁRIO (1)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Os chocos com tinta

                        Os chocos com tinta

    Olhão
     

    É o manjar mais curioso da cozinha portuguesa, choco a maneira algarvia ou choco com tinta. Desta delícia do mar, há conhecida três espécies. A lula, entre nós conhecido como Calamar, o polvo, com os seus oito braços cheios de ventozinhos e, o choco, este espécie tem um corpo grande e quatro pequenos braços. A única maneira que comi os chocos é grelhado, acompanhado de batatas cozidas e para alegrar o conjunto, um molho feito com a cebola a picada, a salsa, a pimenta, o piripiri, o azeite e o vinagre. Uma refeição frugal e gostosa a uma condição, deve ser fresca.

    Comi os chocos a primeira vez, em Olhão uma vila pitoresca algarvia à distância curta de 4 quilómetros de Faro, há vários restaurantes onde se pode jantar ou almoçar excelentemente.

    Explico, como pode distinguir um bom restaurante dos outros, é simplesmente, não entra num restaurante cheio de turistas (demasiado carro) Escolha para um restaurante fora das ruas principais e que só estão frequentados pelos portugueses (preços moderados e comida de boa qualidade).

    Os chocos dispõem todos sobre uma bolsa de tinta e por isso tem que cortar cautelosamente para evitar acidentes, como tal eu fazia numa vez. Uma senhora, vestida bem-posta com uma blusa em branca imaculada e sentada ao lado esquerdo de mim foi regada completamente de tinta. Fiquei aborrecido pelo acidente mas a senhora assegurou-me amavelmente que não houve nenhum problema. Com o lavar da blusa as manchas desapareceram.

    Os culinários entre os portugueses acham as bolsas de tinta um delícia superior.

    Não venhas de garfo porque hoje é dia de sopa


    COMENTÁRIO (1)
    10-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Ricardo Reis
    Klik op de afbeelding om de link te volgen

                                                                                                                      





                         Não só quem nos odeia ou nos inveja
                           Nos limita e oprime;quem nos ama
                                      Não menos nos limita.
                         Que os deuses me concedam que,despido
                                  De afectos,tenha a fria liberdade
                                    Dos píncaros sem nada.
                   quem quer pouco,tem tudo .quem quer nada
                             É livre;quem não tem, e não deseja,
                                      Homem, é igual aos deuses. 

    Poema:Ricardo Reis


    COMENTÁRIO (1)
    09-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Há amigas e há amigos

       A anedota

    -A esposa passou a noite fora da casa. Na manhã seguinte, explicou ao marido que tinha dormida na casa da melhor amiga. O marido então, telefonou para dez das melhores amigas. Ninguém delas confirmou.

    O marido passou a noite fora da casa. Na manhã seguinte, explicou à mulher que tinha dormido na casa do seu melhor amigo. A esposa, então, telefonou para dez dos melhores amigos do marido."Sete" deles confirmaram, e os três restantes, além de confirmaram, garantem que ele ainda está lá.!!

     


    COMENTÁRIO (0)
    08-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.O pato

                              O risco           para quem.!!!!!


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.O embaixador
    Klik op de afbeelding om de link te volgen


     

    Depois de um intermédio do director da escola, palavras de agradecimento em Inglês ao embaixador Dr. João Diogo Nunes Barata embaixador de Portugal em Bruxelas e , a seguir as palavras da professora Luiza( aliás, a figura de proa da língua portuguesa em Antuérpia) que o elogia para facto que quis falar para os seus estudantes, o embaixador iniciou de boa vontade a palestra sobre a revolução dos escravos.um orador exelente falava claramente, pronunciava cada palavra com facilidade e dignidade o que é que obriga o seu cargo. Mas também deu conta que falava perante estudantes. Durante uma hora e meia descreverá em pormenores a história de revolução ou golpe de estado, as circunstâncias e factos antes e depois. As vezes, deixava saber numa maneira modesta a sua presença de alguns momentos cruciais para Portugal. O embaixador desenvolveu sobre todos aspectos de Portugal uma sabedoria abundante e sensata, um embaixador digno. A noite acabou beber à saúde de Portugal.

     


    COMENTÁRIO (1)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Dona Rosa
                                       A Dona Rosa uma fadista excepcional

    Um encontro fenomenal de duas mulheres talentosas no centro de Lisboa. A Dona Rosa uma fadista que canta o fado como um rouxinol.Aqui junta na fotografia com uma outra senhora grande a Dona Adrienne ,uma celebrada violista  da cidade  Antuérpia...


    COMENTÁRIO (2)
    07-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.o macaco
                                                   O macaco
        
    bem vindo no meu blog
     

         


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.A rotonda Marquês Pombal
                                      Marquês Pombal


    COMENTÁRIO (1)
    06-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.O cão
                                    O cão


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.O fado de Lisboa
                                     O fado


    COMENTÁRIO (0)
    05-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.a perseguição pela igreja não é um facto novo
    Testemunho primeiro                  
    Se toma banho muitas vezes ,pode ser judeu
     O tribunal do Santo Ofício continua a caça às bruxas e faz um apelo a todos para que estejam de olho até o vizinho do lado. Há sinais claros que podem denuciar um Judeu desde recusa em comer porco,irregularidade na ida às missas, assim como o banho regular (as pessoas de fé limpa não têm que se lavar).
    Em caso de dúvidas,consulte um inquisidor perto de si ou o Manuel de normas da Inquisição .Lembre-se mais vale, a um mau vizinho do que um Judeu à porta.

    Testemunho segundo
    "A igreja católico não me deixa em paz, nem a mim, nem à minha família".
    A vida não está fácil para Sara Rodriques e a sua família convertidas ao cristianismo em Portugal depois de terem sido expulso de Espanha."Mesmo após a mudança de religião, os problemas continuarem" diz Rodriques.Vitíma de perseguições constantes por parte da Inquisição,saiu de Lisboa e fugiu para Antuérpia.Esta heroína ,como é vista por muitos, não se esquece, apesar tudo , dos seus companheiros judeus marranos e cristãos-novos, que tenha a todo  custo ajudar e salvar da morte.

     




    COMENTÁRIO (1)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Poema O Tejo

         O Tejo é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia,
            Mas o Tejo não é mais belo que o rio que corre pela minha aldeia
            Porque o Tejo não é o rio que corre pela minha aldeia.

           O Tejo tem grandes navios
           E navega nele ainda,
           Para aqueles  que vêem em tudo o que lá não está,
           A memória das naus.

           O tejo desce de Espanha
           E o Tejo entre no mar em Portugal.
           Toda gente sobe isso.
           Mas poucas sabem qual é o rio da minha aldeia
           E por onde ele vai
           E donde ele vem.
           E por isso porque pertece a menos gente,
           É mais livre e mlaior o rio da minha aldeia.

            Pelo Tejo vai- se para Mundo,
            Para além do Tejo há a América,
            E a fortuna para aqueles que a encontram .
            Ninguem nunca pensou no que há para além
            Do rio da minha aldeia.

             O rio da minha aldeia não faz pensar em nada.
             Quem está ao pé dele  está só ao pé dele.

             Poema Alberto Caeiro.



    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Dois vaqueiros opor ao Papa
    Klik op de afbeelding om de link te volgen





    Num momento que o filme Brokeback Mountain conquista o Mundo,organiza o Vaticano um conferência sobre homossexualidade.O Papa e seus colaboradores demonstram uma intolerância enjoativa quando pronunciam uma setença de pura discriminação sobre os homossexuais.
     Em nosso dia ,no Século vinte e um ,não é aceitável que devemos ouvir os preconceitos infundados e insultantes de um instituto que se refere a caridade e bondade.
    O Vaticano ou não,ninguém impedirá um cristão razoável escolher o seu consorte que quiser,ou ligar se com uma pessoa que prefira um parceiro do mesmo sexo.
    Aliás, não lho invejo o Papa os seus sapatinhos encarnados a mode de Prada ,ou o seu boné e capa de velude,ficam o bem.
    No entanto,não quero ser mau ,mas seria que ele tenha um problema com a sua individualidade.?

    COMENTÁRIO (0)
    04-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Do capítulo 125
    Klik op de afbeelding om de link te volgen

                                                                             
                                                    

             
                 Não blasfemei contra Deus
                         Não tirei os bens dos pobres
                         Não fiz sofrer
                         Não fiz passar fome
                         Não fiz chorar
                         Nunca fiz mal a ninguém


                           Livros dos mortos(do capítulo 125)    


    COMENTÁRIO (0)
    03-03-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.crianças mascaradas
                                       Crianças mascaradas


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Bergartim Real
    Construído em 1780 por  ordem Da Rainha D.Maria Primeira no real arsenal Da Marinha em Lisboa para os esponais do Príncipe D.João o futuro Rei D.João sexto.
    Era guarnecido  por 78 remadores e prestou o seu último serviço em 1957 ao transportar,no Tejo a Rainha Isabel segunda da Grã- Bretanha quando da sua visita oficial a PORTUGAL.


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.O Carnaval em Lisboa
    Klik op de afbeelding om de link te volgen O Carnaval em Lisboa ,felizmente não está celebrado com um bacanal de cerveja como acontece nossa própria cidade carnavalesca" Aalst ".Todavia o Carnaval lisbonense tem o seu carácter particular,pessoalmente muito engraçado acho eu,o dia de Entrude das crianças no dia sexta-feira ,pôde encontrar eles mascaradas, em toda a parte,na companhia dos pais .
    A segunda-feira são os adultos que se disfarçam.Muitos mascarados fazem isto com serinidade e gosto.Uma coisa engraçada a notar,há sempre uma maioria dos homens casados ou não,que gostam de vestir com saias e soutiens e meias de vidro,na realidade eles devem passar talvez,o ano todo a fazer isso às escondidas,no entanto durante o Carnaval é mais fixe,pois possam fazer à frente de todos e nem a mulher desconfia.Por exemplo no Carnaval em Aalst ,eles fazem em massa ,todos vestidos como travestias/de stoet van de voile jannetten .
    Em Lisboa, no desfile não há tanta gente.Só um pequeno cortejo de mascarados descerá do Castelo de São Jorge até ao largo do Chafariz de Dentro,ao som dos bombos da toca a rufar.Engraçado a observar os moradores, na esmagadora mulheres ,de casaco de Inverno aproveitam tudo o que é parede ou soleira de porta para sentar e comentar o desfile carnavalesco.Também participam muitos  turistas de máquina fotografia em riste ,óbvio ,com pespectiva de captar imagens dos gnomos ,fadas ,piratas,macacos e patos veludos.É Carnival não é.

    COMENTÁRIO (0)

    >

    Blog tegen de regels? Meld het ons!
    Gratis blog op http://blog.seniorennet.be - SeniorenNet Blogs, eenvoudig, gratis en snel jouw eigen blog!