NIEUW: Blog reclamevrij maken?
O Português não é a minha lingua materna.
Sou belga neerlandófono e amo Portugal
 
Mijn bloggernaam is Alfacinha
 Dat is ook toevallig de spotnaam van
 een lisboeet en betekent slaatje  .
Ik ben dus voor de duidelijkheid
een krop sla

dou -me conta de que
não é muito fácil
para quem não conhece
o Neerlandês
deixar um comentário.
Se desejar deixar
o seu comentário
faça o seguinte

 preencha um nome(naam
)
 
seja obrigatório
preencher endreço E-mail

 Possa  preencher o URL

 preencha um título(
titel
)

 
deixe o seu comentário


 
preencha o
Código de segurânça


carregue no texto
 "reactie insturen "

 Muito obrigado pela sua visita ou por se ter interessado por este blog.

Isso dá-me esperança de que vais regressar a esta página , para ver novas fotografias - e não só.
Se desejar deixar a sua opinião, faça-o por baixo de cada texto, clicando em "comentário"
Gostaria muito de poder melhorar o meu blogue com o seu comentário positivo.
 
Beoordeel dit blog
  Zeer goed
  Goed
  Voldoende
  Nog wat bijwerken
  Nog veel werk aan
 
Zoeken in blog

Radio Português

>radio
<BR< body>
Mijn favorieten
  • Fá Menor
  • na faldas das serra
  • ruivas loiras e morenas
  • Mafaldinha
  • Sesimbra
  • O açor
  • Deixandar o barco
    Mijn favorieten
  • com calma com que alma
  • ART AND KITS
  • SOPRO DIVINO
  • AVOGI
  • Inhoud blog
  • Lisboa
  • Avenida dos aliados
  • o neerlandês
  • Girassol
  • Torneio de judo
  • Todos os homens são
  • A vaca que ri
  • Encontrei,trazido pelo mar,
  • Adeptos de Drácula ?
  • Piratas do mar
  • o Tejo me disse assim
  • os mosquitos
  • In flandres fields
  • Dia de mãe
  • Portimão
  • Ronaldo
  • Sala do Trono Queluz
  • Risos abafados no escritório.
  • relógio estação São Bento no Porto
  • No salão nobre do paço dos duques
  • No fundo do mar
  • Braga
  • Azulejos
  • Férias em galope .
  • O rio Douro
  • Moa
  • Melancolia
  • Durante as férias nunca consigo escrever
  • Calendário Mês de julho
  • Carta de amor
  • Nem Italiano nem Belga
  • São Pedro Póvoa de Varzim
  • Marchas populares
  • Uma conversa mal-entendida .
  • Mas Lisboa eu amo-te
  • anjos
  • o meu profundo pesar
  • Até breve
  • era uma vez
  • O trono do Crisântemo
  • bachus
  • o jardim zoologico de Antuérpia
  • Só alguns dias faltam
  • O strudel de maçâs
  • Vasco de Gama
  • O moinho de café
  • Não sou nada
  • Ó vizinha quantos anos tem.
  • Ir de Bruxelas a Nazaré
  • Sinjoor -Alfacinha
    We zijn de 34de week van 2017
    São tolerados este blog
    comentários ofensivos.
    Mas prefiro que
    as caixas de comentários
    servem para abrir o debate 
    ou entregar sugestões
    sobre os textos.
    Mas no caso 
    quiser usar os espaços
    para a calúnia
    ou comentário maledicente.
    Então,muito obrigado
    para sua atenção.
    Nieuws De Morgen
  • Vroegere Venezolaanse procureur-generaal zegt bewijzen te hebben van Maduro's corruptie
  • Staakt-het-vuren in Oekraïne wordt vanaf vrijdag verlegd dankzij start van het nieuwe schooljaar
  • Geens na onderzoek Barcelona: "Alle moskeeën moeten melden welke imam er predikt"
  • Geens na onderzoek terreurcel: "Alle moskeeën moeten melden welke imam er predikt"
  • Powerfood uit het vuistje: spinazieflapjes met feta
  • De race naar het 'witte goud'
  • Vergane modernistische villa wordt even weer kunstwerk
  • Spelen met onlineprivacy
  • Voor de koffieliefhebbers: naast het suikerklontje is er nu ook het melkklontje
  • Concert Rotterdam afgelast wegens terreurdreiging: busje met gasflessen gevonden
    Willekeurig SeniorenNet Blogs
    edison
    blog.seniorennet.be/edison
    Blog als favoriet !

    Laatste commentaren
  • Mooi verhaaltje heb je geplaats op jouw blogje Alfacinha (Lenie)
        op Avenida dos aliados
  • midweekse groeten (noella)
        op Avenida dos aliados
  • Uma avenida (Chic' Ana)
        op Avenida dos aliados
  • E o Porto é uma Nação carago... Hé hé hé hé. En de haven is een verdomd natie... (Beites)
        op Avenida dos aliados
  • heel vlug (noella)
        op Avenida dos aliados
  • Categorieën
    Archief per maand
  • 08-2017
  • 07-2017
  • 06-2017
  • 05-2017
  • 04-2017
  • 03-2017
  • 02-2017
  • 01-2017
  • 12-2016
  • 11-2016
  • 10-2016
  • 09-2016
  • 08-2016
  • 07-2016
  • 06-2016
  • 05-2016
  • 04-2016
  • 03-2016
  • 02-2016
  • 01-2016
  • 12-2015
  • 11-2015
  • 10-2015
  • 09-2015
  • 08-2015
  • 07-2015
  • 06-2015
  • 05-2015
  • 04-2015
  • 03-2015
  • 02-2015
  • 01-2015
  • 12-2014
  • 11-2014
  • 10-2014
  • 09-2014
  • 08-2014
  • 07-2014
  • 06-2014
  • 05-2014
  • 04-2014
  • 03-2014
  • 02-2014
  • 01-2014
  • 12-2013
  • 11-2013
  • 10-2013
  • 09-2013
  • 08-2013
  • 07-2013
  • 06-2013
  • 05-2013
  • 04-2013
  • 03-2013
  • 02-2013
  • 01-2013
  • 12-2012
  • 11-2012
  • 10-2012
  • 09-2012
  • 08-2012
  • 07-2012
  • 06-2012
  • 05-2012
  • 04-2012
  • 03-2012
  • 02-2012
  • 01-2012
  • 12-2011
  • 11-2011
  • 10-2011
  • 09-2011
  • 08-2011
  • 07-2011
  • 06-2011
  • 05-2011
  • 04-2011
  • 03-2011
  • 02-2011
  • 01-2011
  • 12-2010
  • 11-2010
  • 10-2010
  • 09-2010
  • 08-2010
  • 07-2010
  • 06-2010
  • 05-2010
  • 04-2010
  • 03-2010
  • 02-2010
  • 01-2010
  • 12-2009
  • 11-2009
  • 10-2009
  • 09-2009
  • 08-2009
  • 07-2009
  • 06-2009
  • 05-2009
  • 04-2009
  • 03-2009
  • 02-2009
  • 01-2009
  • 12-2008
  • 11-2008
  • 10-2008
  • 09-2008
  • 08-2008
  • 07-2008
  • 05-2008
  • 04-2008
  • 03-2008
  • 02-2008
  • 01-2008
  • 12-2007
  • 11-2007
  • 10-2007
  • 09-2007
  • 08-2007
  • 07-2007
  • 06-2007
  • 05-2007
  • 04-2007
  • 03-2007
  • 02-2007
  • 01-2007
  • 12-2006
  • 11-2006
  • 10-2006
  • 09-2006
  • 08-2006
  • 07-2006
  • 06-2006
  • 05-2006
  • 04-2006
  • 03-2006
  • 02-2006
  • 01-2006
  • 12-2005
  • 11-2005
  • 10-2005
    CASA PORTUGUESA
    escrito por um belga


    .... ....



    Seja bem-vindo


    Caro visitante deixe um comentário e faça-o porbaixo de cada texto,
    *preencha um nome (naam)
    *preencha endreço E-mail
    preencha o seu URL
    *preencha um título (tittel)
    *escreva o seu comentário
    *preencha o Código de segurânça
    (código ilegível carregue no X (nieuwe code aanvragen)
    *carregue no texto "reactie insturen " para enviar comentário
    31-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Dia de Todos os Santos
                                              

                                                    O meu Tio Ben,

                                               O Irmão da minha Mãe

                                                 Perdeu a vida nova

                                            Pela agressão do invasor

                                    Nos afamados campos de Flandres

                                          Onde milhares vez milhares

                                            Lhe tinham precedido

                                    Belgas, Franceses, inglês, Alemães

                                           Mesmo filhos portugueses

                                                  Não jaz sozinho

                                  Nos afamados campos de Flandres

                              Ao preço da sua vida, a paz para os outros

                                               O Irmão da minha Mãe

                                            O meu tio Ben quem honra 

                                                                Mijn nonkel Ben
                                                       de broer van mijn  moeder
                                                          verloor het jonge leven
                                                 door de agressie van de bezetter
                                                 op de vermaarde vlaamse velden
                                                   Waar duizenden maal duizenden
                                                      hem hebben vooraf gegaan.
                                                  Belgen, fransen duitsers , engelsen
                                                         zelfs portugese zonen
                                                              Hij ligt er niet alleen
                                                       op de vermaarde  vlaamse velden
                                     aan de prijs van zijn leven, de vrede voor anderen
                                                            de broer van mijn moeder
                                                            Mijn Nonkel Ben, die ik eer.

     

          

                                              


    COMENTÁRIO (2)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.a presença dos portugueses no século dezasseis

    No século dezasseis Antuérpia tinha relações comerciais com o mundo inteiro e a cidade era um centro financial e cultural, estava completamento aberta para aceitar o que é que o mundo lhe tinha a oferecer. Sobretudo o progresso da cidade caiu junto com a expansão dos Portugueses (descobrimentos)

    Na cidade tinham algumas dinastias de origine português e judaico controlo sobre a importação do Norte ou exportação para o Brasil. O Ximenes, o Rodrigues de Évora e o Gomes de Elvas todos em si parente eram negociantes requintados e mecenas, os parentes tinham fixado residência nas capitais como Lisboa, Madrid, Roma e em todo o império mas os pais viviam em Antuérpia. Prestavam serviços para os reis da casa de Avis e depois para Habsburgos espanhóis e portugueses. Não obstante, não só comerciantes mas também obras de mão se instalaram em nossa região

    Numa altura que Hoboken era um lugar fora da cidade de Antuérpia tem de ter vivido lá uma comunidade portuguesa de gente comum à beira do rio Escalda. Uma comunidade em que habitavam mesteirais (vários ofícios) e suas famílias e também veteranos do exército vindo do acampamento militar sob a direcção dos odiados espanhóis. Na hoboken não há provas arqueológicas encontradas mas ainda o bairro chama-se " portugesehoek" (bairro dos portugueses) e existe lá uma rua com o mesmo nome "Rua dos portugueses."

    Mais engraçada para contar é sobre uma coisa linguística, a saber uma palavra flamenga e típica usado na região de Antuérpia " Amaai "  significa em português quase o menos "ah que coisa "esta palavra vem de uma corrupção da linda palavra portuguesa "a mãe" (amaai pronunciado numa maneira idêntica).Não vou entrar em pormenores como a palavra entrou em nossa língua mas indica que a comunidade portuguesa do século dezasseis deve ser bastante importante que ainda um nome de um bairro apontar para a presença deles.
    In de 16 eeuw vestigde een  portugese gemeenschap zich in hoboken ,getuigen de naam portugezenhoek en ook het antwerpse woord amaai is een afgeleide van het portugeze woord a mãe


    COMENTÁRIO (2)
    30-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.os cachos de uvas

    abre a porta 

     abre a porta -  klik op de deur


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.S.Lourenço de Touvedo

    Dia de férias,

    O destino favorito para os portugueses e estrangeiros é o litoral de Portugal e, mais que tudo o Algarve. Mas quando estiver farto de praias e hotéis cheios, esplanadas invadidos pelos turistas barulhentos, ou mais uma vez uma noite em branco por causa da música alta de uma discoteca ao lado do hotel. Então, convido para imaginar que está de férias no  Minho durante o mês de Setembro.

    Eu escolho para si uma povoação pitoresca S. Lourenço de Touvedo que se situa numa vertente com em baixo no vale o sinuoso rio Lima. Cá onde o ambiente é sempre verde, onde as andorinhas cada momento podem voar no céu limpo e onde no tempo de vindima os pimpolhos estão cheios de cachos sazonados, deva deixar qualquer um adormecer a alma.

    Significa pouco S. Lourenço de Touvedo, só tem uma igrejinha e em torno umas casinhas, construídas em pedra e madeira. Em várias não há sinal de vida e algumas casinhas são reconstruídos para os veraneantes eventuais no futuro. Mas apesar a falta do conforte moderno pode aproveitar do ar limpo, dos campos verdes, habituado com uma diversidade de animais e bichos que só os conhece da televisão. E o que é que dá mais sossego que o som de água marulhado durante um caminhada no vale ao pé do rio. Não quer ser o vidente mas tenho a certeza que o minúsculo lugarejo o S.Lourenço de Touvedo vai ter no futuro próximo conhecer um destino como aldeia de férias. Ir a praia é uma coisa boa, mas as vezes a tranquilidade da natureza vale mais do que ouro.
    Dit plaatsje gaat een mooie toekomst tegemoet als vakantiebestemming voor mensen die de rust verkiezen boven de drukte van de stad.


    COMENTÁRIO (1)
    28-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.quadro antigo LISBOA
            Este quadro pertence à Igreja de S.Luís dos Franceses

       

                                            NOSSA SENHORA DE PORTO SEGURO


    COMENTÁRIO (0)
    27-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.noscafora
    Noscafora
    chegada dos primeiros portugueses à Flandres(Bélgica ) remonta ao final do século XII. D. Teresa, filha de D. Afonso Henriques, casa com Filipe da Alsácia, Conde de Flandres. Com o casamento passou a chamar-se Matilde e instalou-se primeiro em Furnes e depois em Bruges. Alguns anos mais tarde, o seu sobrinho D. Fernando, filho de D. Sancho I, casou com a princesa Joana, filha de Balduíno IX, Conde da Flandres e do Hainaut. Estes dois casamentos trouxeram até à Flandres muitos portugueses que ali se instalaram, sobretudo como comerciantes.

    Três séculos mais tarde, novo casamento real aproxima portugueses e belgas. A bela Isabel, filha de D. João I, casa com Filipe, o Bom, Duque da Borgonha, o qual, pelas suas conquistas territoriais, conseguiu unificar vários estados que mais tarde deram origem ao Reino da Bélgica. O romance entre os dois apaixonados inspirou os artistas da época, entre os quais o célebre Van Eyck, que pintou o retrato da princesa. O casamento, em grande pompa, realizou-se em Bruges e deu origem à Ordem da "Toison d’Or". Na comitiva da princesa Isabel vieram 2000 portugueses, que se integraram e vieram a ocupar posições relevantes na vida social, cultural e económica da cidade onde dispunham de certos privilégios.

    Com a perda da importância económica de Bruges no final do século XV, devido ao assoreamento do seu porto, a actividade económica e portuária transferiu-se para Antuérpia. Com essa transferência mudou-se também a colónia portuguesa, que ali continuou a beneficiar dos privilégios que tinha em Bruges. Os portugueses salientavam-se sobretudo no comércio e na finança. Alguns deles, como é o caso de Simão Rodrigues de Évora, foram pessoas influentes na sociedade local e grandes mecenas, tendo ajudado artistas da época como Otto Venus e Rubens, pela aquisição de várias obras. É também nessa altura, em 1499, que é criada a Feitoria de Portugal em Antuérpia, que, entre outras, desempenhava funções consulares. Pode pois dizer-se que o Consulado de Portugal em Antuérpia tem 500 anos de existência.

    Depois da emigração de sangue real, chegaram os humanistas, distinguindo-se Damião de Goes que foi Feitor em Antuérpia e catedrático em Lovaina, onde ajudou a população local a defender a cidade contra as tropas francesas. No séc. XIX, Almeida Garrett foi o primeiro Embaixador português junto do Reino da Bélgica. Já no séc. XX, Vitorino Nemésio criou o curso de português na Universidade livre de Bruxelas. Há ainda que referir os soldados que vieram ajudar a defender a liberdade aquando da primeira guerra mundial, tendo alguns milhares deixado a vida na célebre batalha da Lys. Mais recentemente, todos aqueles que com o seu trabalho ajudaram e continuam a ajudar a desenvolver a economia belga.


    Tekst is van Guilherme Costa(vas-y.be) Indien u meer informatie wil over portugezen in belgië klik hieronder ook deze  geschiedenistekst is in het Frans beschikbaar
    Bij
    noscafora
     

    COMENTÁRIO (2)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Happy Birthday
    Comecei a  teclar  palavras no ecrã há um ano passado. Um blogue em Português! Muitos dos meus patriotas reagiram mal e não percebiam o meu impulso para escrever na língua  portuguesa ou, como eu sempre gostar de dizer na língua materne de Camões. Teimoso que sou, persistiria no meu objectivo para melhorar o meu conhecimento linguístico por meio de um blogue. Então, devo dizer a verdade, o caminho foi muito solitário, quase ninguém me visitava no blogue. Por isso comecei a prestar atenção as fotografias e as últimas semanas mesmo juntava às imagens algumas palavras em Neerlandês. Até já não me aventurava entre os blogues portugueses. Entretanto são eles próprios que me descobriram e apreciam a maneira como apresentava o seu país. Alguma coisa que me estranha e ao mesmo tempo me enche com coragem para continuar. Por isso agradeço cordialmente os meus amigos novos dos blogues portugueses e espero que continuarmos ficar em contacto.                            klik op de foto klik op  muts voor vertaling

    COMENTÁRIO (0)
    26-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Praça de comércio Lisboa
    .

     

    A Praça do Comércio é o ponto central de Lisboa, um sítio de referência da cidade, logo ao lado do Tejo.Também é importante salientar que foi nessa praça que foi assassinado o penúltimo rei de Portugal e seu filho. Ali começou a República...
    escrito por Pedro


    COMENTÁRIO (2)
    25-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.o vinho verde
                        

    Dia de Férias

    Cansado de um dia zeloso estivemos sentados numa esplanada. Às cinco horas de tarde, o calor do sol tinha abrandado e a serenidade dominava a nossa alma. Os aldeões velhos na cervejaria ou disputassem sobre tudo e nada ou jogassem as cartas. Contudo ninguém dos velhotes tinha atenção para tractores de reboque carregado de cubas que passaram em fila indiana pelo centro da vila. Para matar a curiosidade que seja característico de turistas íamos dar um olharzinho.

    Foi um espectáculo cativante, enfrenta do portão cooperativo os tractores formarem uma bicha longe apesar os obreiros trabalharem com um ritmo alto e eficiente. A lojinha de vinho ao pé da entrada estava aberta e a donzela engraçada com o seu nome lindo de Catarina que lá encontramos ia pedir ao responsável da cooperativa se pudermos visitar a adega. Era uma coisa espantosa para nos andar entre as pipas e caldeirões metálicos, e assim ver o procedimento de uma bebida divina, o vinho verde.


    COMENTÁRIO (2)
    24-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.O padre vinicultor

    Dia de férias
    O mosteiro encontra-se alguns minutos afastados da estrada e achei que a oportunidade era boa para lá ir. Parei o carro diante de um cacto altíssimo que se deve encostar à fachada de casarão. A casa da senhoria e alguns anexos formando um conjunto com os anexos do mosteiro, que se situa ao outro lado do imenso pátio Um tractor de reboque carregado com cubas cheias de uvas estava por baixo de um alpendre adornado por um kiwi trepadeira enorme e pejado de frutas suculentas.

    O portão da igreja estava fechada, mas a chegada de um homem de meia-idade com um grande chave na mão faz parar a nossa indecisão. A conversa ocorreu muita animado pois era um lavrador simpático. Mostrou com orgulho a adega e dava uma explicação sobre a fermentação e o vinho verde. Negou sorridentemente a minha pergunta, se tiver que esmagar as uvas com os pés nus e apontava para uma prensa de lagar na esquina. Depois abriu o portão de entrada da igreja monástica, constava de uma grande sala de oração com altar-mor e um retábulo sumptuoso e na sacristia encontrámos cinco retratos de padres pendurados na parede. O homem de chave apontou para primeiro retrato, este jovem sou eu. Estivemos um pouco perturbados pela revelação imprevista deste homem modesto.

    Com uma experiência mais rica, despedindo cordialmente do
    Padre- lavrador - vinicultor

    De man met de sleutel was niet alleen  wijnbouwer,boer maar tot onze grote verbazing ook de laatste pater van
    het klooster


    COMENTÁRIO (0)
    23-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.sem palavras

    dar de beber a quem tem sede




    klik op de foto


    Carregue -  klik op foto

                 

    COMENTÁRIO (0)
    21-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.o touro

    mas o animal apesar de ter uma reputação de ser feroz, estava tranquilamente a pastar entre os espigueiros. Ainda bem!

    maar ondanks zijn reputatie van geweldadig te zijn, stond hij rustig te grazen tussen de granieten schuurtjes


    COMENTÁRIO (0)
    20-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.espigueiro
                                

    Os espigueiros do Alto Minho,

    Encontrei-os, a nossa volta primeira vez para Lindoso. Um conjunto rutilante de dezenas espigueiros decora o ambiente na proximidade do castelo. Tinha sempre a convicção que eram túmulos antigos ,mas a verdade é ,mais uma espécie de celeiro em granito para se conservar o milho. Alimentado pelo meu entusiasmo andava direcção dos espigueiros. Estive pronto para tirar fotografias mas de repente encontrei me face a face com uma vaca . Porém consta que seja um touro, Então a minha primeira reacção foi de recuar me imediatamente mas o animal apesar de ter uma reputação de ser feroz, estava tranquilamente a pastar entre os espigueiros. Ainda bem!

    ik dacht steeds dat het antieke graven waren maar de granieten schuurtjes  worden gebruikt voor het bewaren van de maïs


    COMENTÁRIO (0)
    19-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.sol e neblina matinal
                                       Sol e neblina matinal





    klik op de foto
     
     arredores de Afife
    klik hier - carregue na fotografia

    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.imagens Peneda-Gerês

    Peneda-Gerês



    klik op de foto
    klik op de foto

    klik op de foto klik op de foto

         KLiK op foto      -     clique para ampliar 

    O parque nacional Peneda-Gerês

    Foi estabelecida no parque duas grandes áreas, uma é onde se situam os aldeamentos serranos, os campos de cultura e os terrenos de pastagens. Isto é os locais onde a influência humana se faz sentir mais fortemente. A segunda área a zona ambiente natural é por exigência área de protecção, onde a natureza pode manifestar-se sem limitação, ajudada pela dificuldade de aceso por humanas.

     


    COMENTÁRIO (0)
    18-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Santiago de Vila Chã

                           No Parque Nacional       Peneda - Gerês


    COMENTÁRIO (0)
    17-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Imagens de Ponte de Barca
                         
    A formosa ponte romana com as suas arcas magistrais liga as duas margens  do rio Lima e reflecte a sua lindeza perpétua na água marulhada .
    De romaanse brug met zijn meesterlijke bogen verbind de beide oevers en reflecteert zijn eeuwige schoonheid in het kabbelende water van de Lima

    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Ponte de Barca

    Ponte de Barca

    Quando alguém me perguntasse de que gosta mais do Alto Minho. Posso dizer, os Minhotos

    Quando alguém me perguntasse e de que mais gosta do  AltoMinho. Posso dizer, os rios com as suas beiras virgens e a natureza em volta.

    E quando alguém me perguntasse mas de que gosta mais de tudo do Alto Minho. Só posso dizer, a vila Ponte de Barca.

    Dia de férias

    A alvorada apenas esteve no ar e o sino da igreja já abalava para convidar os crentes ir à missa. O sino abalava não somente por isso mas também para dizer, ainda há no campo muito trabalho e o dia já encurta. O mês de Setembro as actividades no Minho estão na auge. Os tractores passaram encarregados de grandes cubas cheias de uvas pela vila, uma ida e volta.

    Um passeio

    Cada segundo quinta-feira do mês hã uma feira grande à beira do rio Lima. Os lavradores e suas mulheres com graciosos panos pretos na cabeça louvam energicamente os seus produtos, galos, patos, castanhas e batatas, querem vender. Quem saiba! Talvez no estábulo ainda tenham de ordenhar a vaca ou as cabras, e o dia já encurta.

    A habitação moderna de Ponte de Barca harmoniza se sem extremo contrasto com as casas velhinhas e igrejas, um património antigo da vila bem conservado.

    Durante nosso passeio pela vila encontrámos uma taberna engraçada. Um gato, raça siamesa, estava deitado no balcão não se mexia mas, cada movimento nosso tinha visto. Cá o tempo perdeu o tempo e os objectos e tarecos eram verdadeiros testemunhos de anteriores. O taberneiro também já tinha uma idade respeitável noventa e dois anos e serviu-nos cordialmente um copo vinho verde.


                          De siamese kat bewoogt niet maar hield
                                            ons strak in de gaten


    Jantámos no restaurante Kibom, a oferta gastronómica era boa apesar que haja poucos clientes. Não obstante merece ser visitado. Tem uma cozinha excelente, um serviço cordial e os preços moderados. Posso recomendar os rojões com castanhas, um prato saboroso e suculento.

    Acabamos o dia com um passeio lindíssimo pelo Lima. A formosa ponte romana com as suas arcas magistrais liga as duas margens e reflecte a sua lindeza perpétua na água marulhada do rio Lima.


    COMENTÁRIO (3)
    14-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Vila Nova de Cerveira

     


                    O charme da Vila Nova de Cerveira


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.notícia de Setúbal



    een blogvriend João uit Setúbal laat weten dat dit prachtig oud huis nog steeds bestaat en dus niet het slachtoffer is geworden van de  vooruitgang

                                                          http://cetobriga.blogspot.com/

    O nosso amigo "alfacinha", de Antuérpia, no seu blogue  recorda esta casa de Setúbal, a Vivenda de N. S.ª do Carmo, situada na esquina da Av. Dr. Manuel Arriaga com a R. Alferes Pinto Vidigal, frente à estação rodoviária, e pergunta se terá sido "vítima do progresso". Bem, a casa ainda se mantém de pé, mas continua abandonada, tal como continua também o processo da sua gradual destruição


                                      klik op de foto
     
                                Carregue na fotografia -klik op de foto
    Como se pode ver por estas fotografias tiradas hoje de manhã, desapareceu a planta que existia junto à entrada e, no painel que representa o proprietário que mandou edificar a casa, já faltam mais alguns azulejos. Por isso, não se pode dizer que a casa esteja a ser "vítima do progresso", mas sim do abandono e da indiferença.

     


    COMENTÁRIO (0)
    13-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Vila de Conde

    Dia de férias

     

    Dit stadje met zijn schitterende kust , het fort  de rivier de Ave en de negenhonderd bogen van de  romeinse viaduct , het was gewoon fantastisch
    Vila de Conde,
    Tem um marginal fantástico totalmente construído de novo. Com estradas amplas para os motoristas, um passeio reservado para os peões e uma via e, isto quase não existe em Portugal, uma via exclusivamente para ciclistas. A praia larga desaparece em declive ameno no mar. Ao longe, uma fortaleza do tempo passado interrompa o horizonte.

    Sentados numa esplanada à praia, gozamos do sol que está amenizado por um véu de nuvens. Entretanto, observamos o furor novo em Portugal, os adeptos do corpo saudável. Os portugueses deixam em massa o carro no parque de estacionamento e andam de bicicleta ou correm para obter a física ideal e um corpo esbelto.
    O encantador e novo caminho leva-nos ao porto e o rio Ave. Aqui encontrámos a vila velha de outrora, infelizmente há pouco que relembra ao tempo quando cá foram construídos as caravelas que tenham descobrido o mundo novo. Embora a Vila de Conde disponha sobre dois trunfos impressionantes, o mosteiro massivo de Santa Clara que erguia se por cima das águas do rio Ave e o viaduto romano de novecentas arcas, estes espólios do tempo remoto completa o nosso entusiasmo para esta vila gloriosa.

                                   

    COMENTÁRIO (0)
    11-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Setúbal antiga

    Setúbal antiga.

    Ainda me lembro a primeira vez que visitei esta cidade. Descobri imediatamente sob as cores sombras das casas algumas pérolas originais de arquitectura. Os anos passaram e a conjectura económica estava generosamente para o Portugal. Setúbal foi a primeira cidade onde se começassem a melhorar a infra-estrutura e tirar atenção para aperfeiçoar a qualidade das habitações. Demolir e reconstruir ficou a melhor solução, também na Bélgica era assim. Somente depois de dezenas anos de modernaça cresce o conceito conservar as casas velhas ou inteiros bairros antigos, e mesmas paisagens foram restabelecidas na sua originalidade.

    Nos anos 90 de século passado eu estava impressionado pela beleza desta casa com azulejos azuis apresentando o dono e a sua profissão, a mulher, filha e um santo para lhes proteger. 


    Esta casa seja uma vítima da progressão? Não sei, nunca mais a encontrei.




                                                                                           

    De eigenaar ,zijn beroep,vrouw en kind en een heilige om hen te
    beschermen kun je op de blauwe steentjes waarnemen


    COMENTÁRIO (1)
    10-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Dia de férias

    Dia de férias
    Então estivemos a horas para tomar pequeno-almoço, que foi servido a partir das oito horas, a empregada deve pensar que as belgas sejam matinais, mas o meu relógio ainda indicou nove horas o tempo corrente na Bélgica. A senhora serviu amavelmente sem  ser caprichosa o café, cá a gente de Norte, possuem um charme natural para tratar com amabilidade os estrangeiros como se fossem os seus melhores amigos.



    Het eb stuurde het  onstuimige water de Minho op ,de rivier die de natuurlijke grens vormt met Spanje

    Caminhamos ao pé da foz do rio Minho, o tempo tem estado esplêndido, a manhã está apenas gastada e por isso uma praia vazia, só a tem de partilhar com uma banda de gaivotas. Gozamos olhar como as águas do mar alto entre com força impetuosa no estuário do Minho. O rio neste lugar é como um largo amplo e faz a fronteira natural entre os dois países da península ibérica.

    A seguinte paragem chama-se Caminha uma vila amena. Na pastelaria local, bebemos um galão e infelizmente não pudemos resistir aos bolos deliciosos postos na montra e encomendamos alguns apesar de não ter fome.

                                                                       We konden de verleiding niet weerstaan


    COMENTÁRIO (1)
    09-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.duas notícias de Antuérpia
    : A primeira notícia

    Um velho curral com uma portinha usada e habituados por algumas ovelhas lanuginosas. Galinhas que cada dia ponham ovos e ameixas que amadurecem aos arvores. Isto não é uma granja no Minho, isto é um telhado chato de um edifício que está ajardinado e os animais lá vivem felizes por cima de cinco pisos, só o rã saltou do telhado.

    Ganhou um premio num concurso

    " Viver contemporâneo & jardins citadinos" ( "eigentijds wonen& verassende stadstuinen")"





    A segunda notícia de Antuérpia

    Eleições municipais, uma surpresa grande e inesperada na nossa cidade Antuérpia.

    Antuérpia fica uma cidade viável, o partido do burgomestre ganhou e o partido xenófobo de ultra direito perdeu pela primeira vez desde vinte anos as eleições.


    COMENTÁRIO (0)
    07-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.o farol de Viana do Castelo

                    Á foz do rio Lima domina um farol encarnado o porto


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.o enigma de Viana do Castelo!


                                    Het raadsel van Viana do Castelo
    Bruxelas - Lisboa
    A viagem prolongou-se por duas horas e vinte minutos, por isso era um alívio ver ao longe a lindíssima ponte Vasco de Gama. A aterragem começou e era espantoso a ver o avião passar rente pelos arranha-céus de Lisboa. Num prazo de meia hora tínhamos obtido a bagagem e o carro alugado sem problema nenhum. A volta para o Minho podia arrancar, só ainda tínhamos de habituar ao estilo de conduzir dos nativos, porque apesar de que sejam pessoas amáveis, sentados ao volante dos seus carros, os portugueses imaginam todos de ser pilotos no circuito de Monte Carlos. Chegámos na Viana do Castelo na tarde e muito mais cedo que antevermos. Antes de jantar ainda tínhamos tempo para caminhar um pouco pelas ruas, aliás ruas todos bem amanhadas. A cidade linda estende-se largamente pelo estuário do rio lima. O formoso santuário da Santa Luzia domina altivamente sobre a cidade, o rio e o oceano.>

    Na praça principal fica o velho Paços de concelho, um edifício original, embora seja um pouco gastado pelos séculos mas junto com o repuxo no meio do rossio unificam os como alguma coisa peculiar. Ao lado esquerdo do paço há um portão forjado, por curiosidade olhou dentro o corredor escuro, um saco branco de lixo encostado à parede tirava a minha atenção. De repente reconheço o emblema. Quase não podia acreditar! Ficámos abismados de encontrar um saco original de Antuérpia para recolher lixos separados e isto numa distância de dois mil quinhentos km afastada.


    we konden onze ogen niet geloven zo ver  van Antwerpen

    Decidimos de perguntar  a alguém ,donde o saco vinha , encontrámos  o porteiro num cubículo ao pé do portão. Aliás um homem muito serviçal esteve ignorando sobre o originário do saco. Só sabia contar que a senhora da limpeza o compra na papelaria ao lado oposto da rua. Na papelaria o vendedor confirme que vende sacos brancos.

     

                                      IK wil geen deugniet zijn, maar werkt het beleid dat groen voert in het         Antwerps bestuur beter in het buitenland ,dan in onze eigen stad.!
                                        


     
    Não quer ser mau, seja possível que a politica dos verdes no concelho municipal de Antuérpia tem funcionado melhor no estrangeiro que  na nossa própria cidade !!!

     


    COMENTÁRIO (0)
    04-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.fado Morgana

    Corredores de lâmpadas coloridas iluminam noites de Lisboa na ultima semana de Setembro .A capital recebeu a luzboa ,a segunda bienal internacional da luz 2006.Houve três percursos a visitar, só tem de seguir os candeeiros com filtros vermelho, verde e azul, cada caminho há instalações de artistas portuguesas e estrangeiros montadas nas ruas, suspensas nas arvores projectadas nos edifícios ou nos muros da cidade, uma viagem prolonga se por duas horas. O percurso da Luzboa termina no circuito azul, onde começam as subidas e descidas íngremes da Alfama.

                             Het Pakt,vlaams artestiek trio schitterde in Lissabon

    Nas Escadinhas de São Cristóvão, estendeu dezenas de telas espelhadas por cima da escadaria, um espectáculo modesto mas impressionante de som e luz em que o canto dos moradores e as imagens dos seus rostos de olhos fechados, formam um melancólico coro. Tributo ao fado e ao seu significado colectivo, a peça contou durante a produção com o envolvimento da própria comunidade local.Nesta  localidade  a arte Belga  enchei-me de orgulho  de ser Belga . Cumprimentos para o colectivo Pakt formado por Jan Bossier,Jef Byttebier e Lieven Neirinck.

                            Luzboa um caminho de luz na cidade


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.O parque das nações
                                        O leilão


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Vacas coloridas num leilão

    Num leilão no parque das nações os marchantes e outros podiam comprar as vacas coloridas que invadiram a Lisboa durante os meses de verão . Embora não as comprassem para a carne mas para a boa causa. Afinal 70 vacas renderam de 420 mil euros.    


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.O PLASTIFICADOR
                                    A profissão de plastificador

                              wenst u een plastiekje rond uw rijbewijs, deze man maakt dat voor U  in een wip


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.o cão feliz

             Estou de volto, tínhamos uns dias de férias fantásticas.

    um cão descuido mas feliz
    keek naar mij alsof hij wou zeggen valt er iets te zien


    COMENTÁRIO (0)

    >

    Blog tegen de regels? Meld het ons!
    Gratis blog op http://blog.seniorennet.be - SeniorenNet Blogs, eenvoudig, gratis en snel jouw eigen blog!