NIEUW: Blog reclamevrij maken?
O Português não é a minha lingua materna.
Sou belga neerlandófono e amo Portugal
 
Mijn bloggernaam is Alfacinha
 Dat is ook toevallig de spotnaam van
 een lisboeet en betekent slaatje  .
Ik ben dus voor de duidelijkheid
een krop sla

dou -me conta de que
não é muito fácil
para quem não conhece
o Neerlandês
deixar um comentário.
Se desejar deixar
o seu comentário
faça o seguinte

 preencha um nome(naam
)
 
seja obrigatório
preencher endreço E-mail

 Possa  preencher o URL

 preencha um título(
titel
)

 
deixe o seu comentário


 
preencha o
Código de segurânça


carregue no texto
 "reactie insturen "

 Muito obrigado pela sua visita ou por se ter interessado por este blog.

Isso dá-me esperança de que vais regressar a esta página , para ver novas fotografias - e não só.
Se desejar deixar a sua opinião, faça-o por baixo de cada texto, clicando em "comentário"
Gostaria muito de poder melhorar o meu blogue com o seu comentário positivo.
 
Beoordeel dit blog
  Zeer goed
  Goed
  Voldoende
  Nog wat bijwerken
  Nog veel werk aan
 
Zoeken in blog

Radio Português

>radio
<BR< body>
Mijn favorieten
  • Fá Menor
  • na faldas das serra
  • ruivas loiras e morenas
  • Mafaldinha
  • Sesimbra
  • O açor
  • Deixandar o barco
    Mijn favorieten
  • com calma com que alma
  • ART AND KITS
  • SOPRO DIVINO
  • AVOGI
  • PAULAMAR
  • Inhoud blog
  • Rio Alva
  • Antuérpia.Vamos ter um Natal branco?
  • O mostrengo
  • O hóspede
  • São Nicolau
  • O cavalo do São Nicolau
  • espiga
  • Na véspera
  • As portas em Funchal
  • Maria Bethania
  • Lambada
  • Sardinhas sem voz
  • Câmara Municipal de Lisboa
  • Queluz
  • Direitos dos animais
  • Tio Pathinhas
  • Amor é uma companhia
  • 11 novembro - Comemoração do fim da grand guerra
  • Ler na cama
  • casa museu
  • A visita
  • Leilão
  • Portugal no mundo
  • O encontro
  • A primeira participação
  • A nossa Senhora Das Dores
  • Um pesadelo
  • Eça
  • membros da gótica
  • Luís de Camões
  • O zoo dançando
  • No lustroso teatro estreia-se
  • Cortejo
  • música
  • Fica um espetáculo a qualquer hora
  • bois
  • à beira do Douro
  • Restaurante Calça curta
  • A volta miraculosa
  • uma mini história da infância
  • Obrigado Portugal
  • Azul?
  • Palmela
  • A bunda
  • Capela
  • História engraçada
  • Silves
  • " cozido à portuguesa".
  • Sonhei que eu era feio e um velho monstro
  • Pescadores a cavalo
    We zijn de 50de week van 2017
    São tolerados este blog
    comentários ofensivos.
    Mas prefiro que
    as caixas de comentários
    servem para abrir o debate 
    ou entregar sugestões
    sobre os textos.
    Mas no caso 
    quiser usar os espaços
    para a calúnia
    ou comentário maledicente.
    Então,muito obrigado
    para sua atenção.
    Nieuws De Morgen
  • Twee Belgische wezen alleen bij Syriëstrijders
  • Myanmarees leger doodt minstens 6.700 Rohingya
  • Alabama verloren, en wel meer ook
  • Stad viert verjaardag drie jaar te laat
  • Beeldschermen 'kunnen kind
  • Studio 100-musical vindt nieuwe locatie
  • Regering stroomlijnt politieacties bij rellen
  • Hoe Ryanair zijn piloten onder de knoet houdt
  • Nergens beter dan thuis werken? Vergeet het
  • Spoorvakbond boos op... spoorvakbond
    Willekeurig SeniorenNet Blogs
    met_hart_en_ziel
    blog.seniorennet.be/met_har
    Blog als favoriet !

    Laatste commentaren
  • lieve groetjes (Claire)
        op Rio Alva
  • 4 no meio? (Liliane de Paula Martins)
        op Rio Alva
  • Histórias de vida são mesmo assim... (Beites)
        op Rio Alva
  • Wens je een fijne Woensdag (Nikki)
        op Rio Alva
  • Ik wens al mijn blogvrienden een fijne midweek toe (Jos Vande Ghinste)
        op Rio Alva
  • Categorieën
    Archief per maand
  • 12-2017
  • 11-2017
  • 10-2017
  • 09-2017
  • 08-2017
  • 07-2017
  • 06-2017
  • 05-2017
  • 04-2017
  • 03-2017
  • 02-2017
  • 01-2017
  • 12-2016
  • 11-2016
  • 10-2016
  • 09-2016
  • 08-2016
  • 07-2016
  • 06-2016
  • 05-2016
  • 04-2016
  • 03-2016
  • 02-2016
  • 01-2016
  • 12-2015
  • 11-2015
  • 10-2015
  • 09-2015
  • 08-2015
  • 07-2015
  • 06-2015
  • 05-2015
  • 04-2015
  • 03-2015
  • 02-2015
  • 01-2015
  • 12-2014
  • 11-2014
  • 10-2014
  • 09-2014
  • 08-2014
  • 07-2014
  • 06-2014
  • 05-2014
  • 04-2014
  • 03-2014
  • 02-2014
  • 01-2014
  • 12-2013
  • 11-2013
  • 10-2013
  • 09-2013
  • 08-2013
  • 07-2013
  • 06-2013
  • 05-2013
  • 04-2013
  • 03-2013
  • 02-2013
  • 01-2013
  • 12-2012
  • 11-2012
  • 10-2012
  • 09-2012
  • 08-2012
  • 07-2012
  • 06-2012
  • 05-2012
  • 04-2012
  • 03-2012
  • 02-2012
  • 01-2012
  • 12-2011
  • 11-2011
  • 10-2011
  • 09-2011
  • 08-2011
  • 07-2011
  • 06-2011
  • 05-2011
  • 04-2011
  • 03-2011
  • 02-2011
  • 01-2011
  • 12-2010
  • 11-2010
  • 10-2010
  • 09-2010
  • 08-2010
  • 07-2010
  • 06-2010
  • 05-2010
  • 04-2010
  • 03-2010
  • 02-2010
  • 01-2010
  • 12-2009
  • 11-2009
  • 10-2009
  • 09-2009
  • 08-2009
  • 07-2009
  • 06-2009
  • 05-2009
  • 04-2009
  • 03-2009
  • 02-2009
  • 01-2009
  • 12-2008
  • 11-2008
  • 10-2008
  • 09-2008
  • 08-2008
  • 07-2008
  • 05-2008
  • 04-2008
  • 03-2008
  • 02-2008
  • 01-2008
  • 12-2007
  • 11-2007
  • 10-2007
  • 09-2007
  • 08-2007
  • 07-2007
  • 06-2007
  • 05-2007
  • 04-2007
  • 03-2007
  • 02-2007
  • 01-2007
  • 12-2006
  • 11-2006
  • 10-2006
  • 09-2006
  • 08-2006
  • 07-2006
  • 06-2006
  • 05-2006
  • 04-2006
  • 03-2006
  • 02-2006
  • 01-2006
  • 12-2005
  • 11-2005
  • 10-2005
    CASA PORTUGUESA
    escrito por um belga


    .... ....



    Seja bem-vindo


    Caro visitante deixe um comentário e faça-o porbaixo de cada texto,
    *preencha um nome (naam)
    *preencha endreço E-mail
    preencha o seu URL
    *preencha um título (tittel)
    *escreva o seu comentário
    *preencha o Código de segurânça
    (código ilegível carregue no X (nieuwe code aanvragen)
    *carregue no texto "reactie insturen " para enviar comentário
    08-11-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.amor é um fogo

    amor é um fogo que arde sem se  ver,
    é ferido que doí e não se sente ,
    é um contentamento descontente,
    é dor que desatina sem doer
     LuísCamões



    Luís Camões

    COMENTÁRIO (0)
    07-11-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Costa da Caparica Popular

                                                      

                                
    Cool Slideshows

    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.a porta antiga


     


    clique para ampliar

         Clique     klik op deur

    Costa de Caparica tem mais a oferecer que praia,sol e mar


    COMENTÁRIO (0)
    06-11-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Cascais encantadora

                                         Cascais encantadora


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Costa da Caparica tem mais que praia sol e mar
                                           
    Cool Slideshows

    A Costa da Caparica tem mais a oferecer que praia, sol e mar, também o interior tem coisas lindas, infelizmente desconhecido pela maioria das pessoas.
    É um maravilho, na madrugada iniciar um passeio dentre os campos bem amanhados. Subir a arriba à descoberta a Mata dos Medos. Sentir Lá em cima do área protegido os cheiros do rosmaninho e tomilho silvestre, ouvir em silêncio os gemidos dos pinheiros quando o vento passa, o som do mar ao longe e sobretudo estar apanhado pela miragem espectacular sobre os campos, as dunas, a praia e o oceano.
    Se seguir o caminho fará um encontro inevitável com o convento e jardim dos Capuchos da ordem de S. Francisco, principalmente amado pelos casais novos para tirarem as suas fotografias de matrimónio e também por ser um bom miradouro sobre a Arriba fóssil.                             
    A Arriba está interrompida pela estrada que liga Costa da Caparica com Lisboa, mas, uma vez ter vencido este dificuldade, lá espera uma caminhada com coisas inesperadas a descobrir, como, escondida atrás a falésia uma fortaleza abandonada , uma granja e o mal cheiro do suíno na pocilga , um rebanho de cabras e ovelhas ou na beira do caminho os ossos gigantescos de uma animal que já talvez estivesse enterrada, quem saiba, por quantos milénios no solo erosivo.
    No vale dentre a terra poeirenta e pinheiros altos corre uma sinuosa corrente de água, passa à rente pela Quinta da ribeira que domina a paisagem.
    Se continuar a vereda até ao fim do vale chegará a Trafaria, onde o Tejo se faz ao mar.

    Costa da Caparica is meer dan strand zon en zee ook het achterland is de moeite voor een mooie wandeling met onverwachte  ontmoetingen .

    COMENTÁRIO (0)
    05-11-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Pedras antigas

                            caminho desigual  de dois mil anos  


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.o miradouro

                                                           O miradouro da gaivota


    COMENTÁRIO (0)
    03-11-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.arriba
      


    clique para ampliar


                         abre a porta  open de deur                      


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Cascais
    Cascais modificou-se de uma aldeia piscatória até uma cidade chique, se quiser mais informação sobre Cascais em Neerlandês clique na fotografia :

    visita CASCAIS!

                           Wilt u meer weten over Cascais  in het nederlands klik op foto


    COMENTÁRIO (0)
    02-11-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.à pé
                                 

                                          Caminhada Aldeia Grande

    COMENTÁRIO (0)
    31-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Dia de Todos os Santos
                                              

                                                    O meu Tio Ben,

                                               O Irmão da minha Mãe

                                                 Perdeu a vida nova

                                            Pela agressão do invasor

                                    Nos afamados campos de Flandres

                                          Onde milhares vez milhares

                                            Lhe tinham precedido

                                    Belgas, Franceses, inglês, Alemães

                                           Mesmo filhos portugueses

                                                  Não jaz sozinho

                                  Nos afamados campos de Flandres

                              Ao preço da sua vida, a paz para os outros

                                               O Irmão da minha Mãe

                                            O meu tio Ben quem honra 

                                                                Mijn nonkel Ben
                                                       de broer van mijn  moeder
                                                          verloor het jonge leven
                                                 door de agressie van de bezetter
                                                 op de vermaarde vlaamse velden
                                                   Waar duizenden maal duizenden
                                                      hem hebben vooraf gegaan.
                                                  Belgen, fransen duitsers , engelsen
                                                         zelfs portugese zonen
                                                              Hij ligt er niet alleen
                                                       op de vermaarde  vlaamse velden
                                     aan de prijs van zijn leven, de vrede voor anderen
                                                            de broer van mijn moeder
                                                            Mijn Nonkel Ben, die ik eer.

     

          

                                              


    COMENTÁRIO (2)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.a presença dos portugueses no século dezasseis

    No século dezasseis Antuérpia tinha relações comerciais com o mundo inteiro e a cidade era um centro financial e cultural, estava completamento aberta para aceitar o que é que o mundo lhe tinha a oferecer. Sobretudo o progresso da cidade caiu junto com a expansão dos Portugueses (descobrimentos)

    Na cidade tinham algumas dinastias de origine português e judaico controlo sobre a importação do Norte ou exportação para o Brasil. O Ximenes, o Rodrigues de Évora e o Gomes de Elvas todos em si parente eram negociantes requintados e mecenas, os parentes tinham fixado residência nas capitais como Lisboa, Madrid, Roma e em todo o império mas os pais viviam em Antuérpia. Prestavam serviços para os reis da casa de Avis e depois para Habsburgos espanhóis e portugueses. Não obstante, não só comerciantes mas também obras de mão se instalaram em nossa região

    Numa altura que Hoboken era um lugar fora da cidade de Antuérpia tem de ter vivido lá uma comunidade portuguesa de gente comum à beira do rio Escalda. Uma comunidade em que habitavam mesteirais (vários ofícios) e suas famílias e também veteranos do exército vindo do acampamento militar sob a direcção dos odiados espanhóis. Na hoboken não há provas arqueológicas encontradas mas ainda o bairro chama-se " portugesehoek" (bairro dos portugueses) e existe lá uma rua com o mesmo nome "Rua dos portugueses."

    Mais engraçada para contar é sobre uma coisa linguística, a saber uma palavra flamenga e típica usado na região de Antuérpia " Amaai "  significa em português quase o menos "ah que coisa "esta palavra vem de uma corrupção da linda palavra portuguesa "a mãe" (amaai pronunciado numa maneira idêntica).Não vou entrar em pormenores como a palavra entrou em nossa língua mas indica que a comunidade portuguesa do século dezasseis deve ser bastante importante que ainda um nome de um bairro apontar para a presença deles.
    In de 16 eeuw vestigde een  portugese gemeenschap zich in hoboken ,getuigen de naam portugezenhoek en ook het antwerpse woord amaai is een afgeleide van het portugeze woord a mãe


    COMENTÁRIO (2)
    30-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.os cachos de uvas

    abre a porta 

     abre a porta -  klik op de deur


    COMENTÁRIO (0)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.S.Lourenço de Touvedo

    Dia de férias,

    O destino favorito para os portugueses e estrangeiros é o litoral de Portugal e, mais que tudo o Algarve. Mas quando estiver farto de praias e hotéis cheios, esplanadas invadidos pelos turistas barulhentos, ou mais uma vez uma noite em branco por causa da música alta de uma discoteca ao lado do hotel. Então, convido para imaginar que está de férias no  Minho durante o mês de Setembro.

    Eu escolho para si uma povoação pitoresca S. Lourenço de Touvedo que se situa numa vertente com em baixo no vale o sinuoso rio Lima. Cá onde o ambiente é sempre verde, onde as andorinhas cada momento podem voar no céu limpo e onde no tempo de vindima os pimpolhos estão cheios de cachos sazonados, deva deixar qualquer um adormecer a alma.

    Significa pouco S. Lourenço de Touvedo, só tem uma igrejinha e em torno umas casinhas, construídas em pedra e madeira. Em várias não há sinal de vida e algumas casinhas são reconstruídos para os veraneantes eventuais no futuro. Mas apesar a falta do conforte moderno pode aproveitar do ar limpo, dos campos verdes, habituado com uma diversidade de animais e bichos que só os conhece da televisão. E o que é que dá mais sossego que o som de água marulhado durante um caminhada no vale ao pé do rio. Não quer ser o vidente mas tenho a certeza que o minúsculo lugarejo o S.Lourenço de Touvedo vai ter no futuro próximo conhecer um destino como aldeia de férias. Ir a praia é uma coisa boa, mas as vezes a tranquilidade da natureza vale mais do que ouro.
    Dit plaatsje gaat een mooie toekomst tegemoet als vakantiebestemming voor mensen die de rust verkiezen boven de drukte van de stad.


    COMENTÁRIO (1)
    28-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.quadro antigo LISBOA
            Este quadro pertence à Igreja de S.Luís dos Franceses

       

                                            NOSSA SENHORA DE PORTO SEGURO


    COMENTÁRIO (0)
    27-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.noscafora
    Noscafora
    chegada dos primeiros portugueses à Flandres(Bélgica ) remonta ao final do século XII. D. Teresa, filha de D. Afonso Henriques, casa com Filipe da Alsácia, Conde de Flandres. Com o casamento passou a chamar-se Matilde e instalou-se primeiro em Furnes e depois em Bruges. Alguns anos mais tarde, o seu sobrinho D. Fernando, filho de D. Sancho I, casou com a princesa Joana, filha de Balduíno IX, Conde da Flandres e do Hainaut. Estes dois casamentos trouxeram até à Flandres muitos portugueses que ali se instalaram, sobretudo como comerciantes.

    Três séculos mais tarde, novo casamento real aproxima portugueses e belgas. A bela Isabel, filha de D. João I, casa com Filipe, o Bom, Duque da Borgonha, o qual, pelas suas conquistas territoriais, conseguiu unificar vários estados que mais tarde deram origem ao Reino da Bélgica. O romance entre os dois apaixonados inspirou os artistas da época, entre os quais o célebre Van Eyck, que pintou o retrato da princesa. O casamento, em grande pompa, realizou-se em Bruges e deu origem à Ordem da "Toison d’Or". Na comitiva da princesa Isabel vieram 2000 portugueses, que se integraram e vieram a ocupar posições relevantes na vida social, cultural e económica da cidade onde dispunham de certos privilégios.

    Com a perda da importância económica de Bruges no final do século XV, devido ao assoreamento do seu porto, a actividade económica e portuária transferiu-se para Antuérpia. Com essa transferência mudou-se também a colónia portuguesa, que ali continuou a beneficiar dos privilégios que tinha em Bruges. Os portugueses salientavam-se sobretudo no comércio e na finança. Alguns deles, como é o caso de Simão Rodrigues de Évora, foram pessoas influentes na sociedade local e grandes mecenas, tendo ajudado artistas da época como Otto Venus e Rubens, pela aquisição de várias obras. É também nessa altura, em 1499, que é criada a Feitoria de Portugal em Antuérpia, que, entre outras, desempenhava funções consulares. Pode pois dizer-se que o Consulado de Portugal em Antuérpia tem 500 anos de existência.

    Depois da emigração de sangue real, chegaram os humanistas, distinguindo-se Damião de Goes que foi Feitor em Antuérpia e catedrático em Lovaina, onde ajudou a população local a defender a cidade contra as tropas francesas. No séc. XIX, Almeida Garrett foi o primeiro Embaixador português junto do Reino da Bélgica. Já no séc. XX, Vitorino Nemésio criou o curso de português na Universidade livre de Bruxelas. Há ainda que referir os soldados que vieram ajudar a defender a liberdade aquando da primeira guerra mundial, tendo alguns milhares deixado a vida na célebre batalha da Lys. Mais recentemente, todos aqueles que com o seu trabalho ajudaram e continuam a ajudar a desenvolver a economia belga.


    Tekst is van Guilherme Costa(vas-y.be) Indien u meer informatie wil over portugezen in belgië klik hieronder ook deze  geschiedenistekst is in het Frans beschikbaar
    Bij
    noscafora
     

    COMENTÁRIO (2)
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Happy Birthday
    Comecei a  teclar  palavras no ecrã há um ano passado. Um blogue em Português! Muitos dos meus patriotas reagiram mal e não percebiam o meu impulso para escrever na língua  portuguesa ou, como eu sempre gostar de dizer na língua materne de Camões. Teimoso que sou, persistiria no meu objectivo para melhorar o meu conhecimento linguístico por meio de um blogue. Então, devo dizer a verdade, o caminho foi muito solitário, quase ninguém me visitava no blogue. Por isso comecei a prestar atenção as fotografias e as últimas semanas mesmo juntava às imagens algumas palavras em Neerlandês. Até já não me aventurava entre os blogues portugueses. Entretanto são eles próprios que me descobriram e apreciam a maneira como apresentava o seu país. Alguma coisa que me estranha e ao mesmo tempo me enche com coragem para continuar. Por isso agradeço cordialmente os meus amigos novos dos blogues portugueses e espero que continuarmos ficar em contacto.                            klik op de foto klik op  muts voor vertaling

    COMENTÁRIO (0)
    26-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.Praça de comércio Lisboa
    .

     

    A Praça do Comércio é o ponto central de Lisboa, um sítio de referência da cidade, logo ao lado do Tejo.Também é importante salientar que foi nessa praça que foi assassinado o penúltimo rei de Portugal e seu filho. Ali começou a República...
    escrito por Pedro


    COMENTÁRIO (2)
    25-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.o vinho verde
                        

    Dia de Férias

    Cansado de um dia zeloso estivemos sentados numa esplanada. Às cinco horas de tarde, o calor do sol tinha abrandado e a serenidade dominava a nossa alma. Os aldeões velhos na cervejaria ou disputassem sobre tudo e nada ou jogassem as cartas. Contudo ninguém dos velhotes tinha atenção para tractores de reboque carregado de cubas que passaram em fila indiana pelo centro da vila. Para matar a curiosidade que seja característico de turistas íamos dar um olharzinho.

    Foi um espectáculo cativante, enfrenta do portão cooperativo os tractores formarem uma bicha longe apesar os obreiros trabalharem com um ritmo alto e eficiente. A lojinha de vinho ao pé da entrada estava aberta e a donzela engraçada com o seu nome lindo de Catarina que lá encontramos ia pedir ao responsável da cooperativa se pudermos visitar a adega. Era uma coisa espantosa para nos andar entre as pipas e caldeirões metálicos, e assim ver o procedimento de uma bebida divina, o vinho verde.


    COMENTÁRIO (2)
    24-10-2006
    Klik hier om een link te hebben waarmee u dit artikel later terug kunt lezen.O padre vinicultor

    Dia de férias
    O mosteiro encontra-se alguns minutos afastados da estrada e achei que a oportunidade era boa para lá ir. Parei o carro diante de um cacto altíssimo que se deve encostar à fachada de casarão. A casa da senhoria e alguns anexos formando um conjunto com os anexos do mosteiro, que se situa ao outro lado do imenso pátio Um tractor de reboque carregado com cubas cheias de uvas estava por baixo de um alpendre adornado por um kiwi trepadeira enorme e pejado de frutas suculentas.

    O portão da igreja estava fechada, mas a chegada de um homem de meia-idade com um grande chave na mão faz parar a nossa indecisão. A conversa ocorreu muita animado pois era um lavrador simpático. Mostrou com orgulho a adega e dava uma explicação sobre a fermentação e o vinho verde. Negou sorridentemente a minha pergunta, se tiver que esmagar as uvas com os pés nus e apontava para uma prensa de lagar na esquina. Depois abriu o portão de entrada da igreja monástica, constava de uma grande sala de oração com altar-mor e um retábulo sumptuoso e na sacristia encontrámos cinco retratos de padres pendurados na parede. O homem de chave apontou para primeiro retrato, este jovem sou eu. Estivemos um pouco perturbados pela revelação imprevista deste homem modesto.

    Com uma experiência mais rica, despedindo cordialmente do
    Padre- lavrador - vinicultor

    De man met de sleutel was niet alleen  wijnbouwer,boer maar tot onze grote verbazing ook de laatste pater van
    het klooster


    COMENTÁRIO (0)

    >

    Blog tegen de regels? Meld het ons!
    Gratis blog op http://blog.seniorennet.be - SeniorenNet Blogs, eenvoudig, gratis en snel jouw eigen blog!